EMAILS ENVIADOS E RECEBIDOS

From: colunista@portaleducacao.com.br
To: ricardobingreis@hotmail.com
Subject: Marca de verificação grossa preta Compartilhe seu conhecimento!
Date: Fri, 29 Nov 2013 18:03:44 -0200

Olá, ricardobingreis@hotmail.com, como vai?
Me chamo Thalita Vieira, estou Gerente de Comunicação do Portal Educação e enviei um convite a você há um tempo para se tornar um de nossos colunistas oficiais. Será de grande prestígio e ótima visibilidade para a sua carreira divulgar os seus textos em nosso site que possui mais de 5 milhões de visitantes mensais.


Por meio do seu cadastro no Portal Educação, vimos que você está habilitado a escrever artigos sobre a sua área de atuação. Como benefício, ao fim de cada ano, enviamos uma declaração assinada pelo presidente da empresa, com seus artigos e textos publicados, para enriquecer ainda mais o seu currículo.
Agora, se nesse tempo você já se tornou um Colunista Oficial do Portal Educação, quero agradecer a sua contribuição e a sua dedicação em nos enviar artigos de excelente qualidade para serem publicados em nosso site. Continue sempre divulgando os seus textos e acreditando em nossa marca, pois o objetivo principal do Portal Educação é fazer com que o conhecimento mude a vida das pessoas!

Para fazer enviar seu artigo é simples:
1. Acesse www.portaleducacao.com.br/identificacao
2. Preencha os dados de cadastro
3. Clique no ícone "Seja um colunista". Qualquer dúvida, fale comigo pelo e-mail colunista@portaleducacao.com.br

Um grande abraço.

Thalita vieira
Gerente de Comunicação

  

 

 

 

 
VAZIO VAZIO  

 

VAZIO

VAZIO

 

 

 

 

VAZIO

VAZIO

 

 

 

 

 

;

 

 

 

 
1- Ricardo Bing Reis - Moinhos De Vento - Em Porto Alegre.
22 de fevereiro às 06:17Porto Alegre

Cada um terá a vista da montanha que subir

_______________1_________________

3 - PAIXÃO < escrevi abaixo o que acho. Seja o que DEUS quiser. DEUS sempre se escreve com TODAS letras maiúsculas ...18 de fevereiro às 23:54

A-  "Paixão é como uma psicose"! Ta explicado, não se explica!!!! Se sente!

B- Linda descrição: Paixão é quando um incorpora o outro"

C- Acrescentaria: Sem que ambos percam a própria essência.

D- Paixão passa, amor fica. Simples

E- Os cientistas dizem que a paixão dura 2 anos, mas nada impede que ela vire amor.


2 - Ricardo Bing Reis
20 de fevereiro às 01:22

Déficit de Atenção (DA) > de que adianta receitar Ritalina para um adulto com DA se ele vai esquecer de tomar o comprimido?

A-Anota na agenda do celular! haha

B-Quem sabe associando com alguma música da Rita Lee no celular...

C-!!! Tua explanação foi perfeita.

Ricardo Bing Reis- Eu mesmo tenho DA

D-  Posso curtir 1000 vezes ?!

E-you do not necessary need to have ADHD or ADD to forget the medication.........it can be everyone with any kind of conditions...........To forget is intrinsically human................Though I do understand your view.

________________2________________

 RBR  17 de fevereiro/2017 às 00:25.

4- FIQUEI ATÔNITO > Fui numa reunião de negócios; onde o proponente mencionou o abominável chavão: ... 'a parte do corpo humano que mais dói é o bolso'... Que pessoa infeliz. Não passa de um milionário; que, com toda certeza, é um desconhecedor do que seja AMOR. A maior dor de um ser humano é ver o filho(s)/a(s) sofrerem. Recebi esse wats de minha prima que me fez ficar atônito. Nada melhor poderia me ter sido escrito nessa vida.

SABE O QUE MAIS FICO ADMIRADA EM VBOCÊ

SER PAI

PORQUE PALHAÇO TA CHEIO POR AI

A-Teu lado pai, eh sem duvidas, uma das tuas melhores qualidades, e tenho tido a alegria de observar bem de perto!! Bjo

B- É... amor é a plataforma que tudo se estrutura acima dela.

RBR - Dire Straits - Walk Of Life - https://youtu.be/kd9TlGDZGkI

RBR - Dire Straits - Money For Nothing https://youtu.be/wTP2RUD_cL0

C- A presença do pai, é uma peça fundamental para a criação de um filho. Estando ele presente ou não, o tempo todo. . . O pegar na mão, o colo, o olho no olho, os concelhos, as conversas, o chamar a atenção quando é preciso, buscar na escola. Isso é muito...Ver mais
17 de fevereiro às 07:27

Ricardo Bing Reis Genial o que escrevestes. Tks
Curtir · Responder · 1 · 19 de fevereiro às 19:24
Ricardo Bing Reis

D- The worst pain of a true loyal parent is seeing his/her own sick especially when the son/daughter is suffering....................You only want and wish that you carry the pain and suffering instead of them..........to relieve them. I truly know what it means..........
Descurtir · Responder · 1 · 17 de fevereiro às 08:18

FIQUEI ATÔNITO > cont

Ricardo Bing Reis Agree. Tks for your opinion; allways 10
Curtir · Responder · 1 · 19 de fevereiro às 19:25
Ricardo Bing Reis

E- Primeiramente ser...........!
17 de fevereiro às 08:41
F- a parte do ser humano que mais doi é o bolso"
Não entendi... É uma nova espécie humana de mamíferos placentários marsupiais???
Hummm e está nova espécie guarda o cérebro no bolso???...Ver mais
17 de fevereiro às 08:55

G- Ser um bom pai é o maior e mais precioso presente que podes dar para tuas filhas.Admiro!
H- Que legal isso Ricardo,parabens,nao eh facil ser um bom pai.
17 de fevereiro às 11:31
I- Cada vez descubro o grande homem que és. Capaz de se indignar diante de uma frase tão infeliz.
7 de fevereiro às 19:03

____________________

5 - VIDA A 2 > Vou pincelar o não traçável. Portanto, nada farei. Por que? Impossível trazer o infinito para um mundo finito de cada um de nós. Quando um casal se junta, teremos aqui 2 variantes. A variante incerta e imprevisível de um; e, entretanto, já com relação ao outro, uma variante incerta e imprevisível de novo. Por mais que se alegue um relacionamento de 50 anos, aquele se modulou bilateralmente e continuamente por meio século. Isso é 1/10 da existência do Brasil. Se o Sigmund (que ironicamente significa 'boca santa'; ou talvez não signifique) dizia ser o inconsciente um iceberg onde somente o sobrenadante 'nadava e o resto se afogava'; em relacionamentos interpessoais talvez nos reste pensar que, em um casal, temos 2 submergindo (e por chamar o salva-vidas). Evidentemente que esse é um raciocínio geológico e os seres humanos não são necessariamente sempre dotados da fantasia de que o mundo gravita em torno de seus umbigos. Logo, a 'geologia humana' poderia ficar por aqui. Felizmente, os seres humanos não são medidos matematicamente em suas formas de pensar e concatenar, embora se diga haver cérebros do tamanho de amêndoas. Salvo essas aceitáveis exceções, os relacionamentos podem sim dar certo; e podem dar errado. Sendo que, muitas vezes, o certo é o errado e o errado é o certo; tudo, claro, dependendo muito do perfil de personalidade de cada qual do casal. Isto posto, mas ainda em tempo, acredito em amores verdadeiros e verdadeiros amores.

VIDA A 2 > CONT. 31 de janeiro

Ricardo Bing Reis Oi Olga, o trecho é ropositalmente bizarro ! 1 de fevereiro às 00:30

Ricardo Bing Reis A mesmice está em qualquer compêndio e qualquer coluna piegas de jornal. O interessante é o bizarro. Só isso. Beijo.
1 de fevereiro às 00:32


A -O texto é real pois , apesar de todos encontros e desencontros, nunca desistimos de perseguir o amor com todas as suas verdades e incertezas.
1 de fevereiro às 02:40

B- Isso é só da tua cabeça???Ou é relato de algum outro ser pensante?
1 de fevereiro às 00:33

Ricardo Bing Reis Saiu da minha cabeça. Não li em lugar nenhum.

RBR -  O que seria de nós, seres humanos, sem o controverso?

C- Sugestão: toma um vinho para clarear as ideias, ou, talvez, eles estejam claras demais...ajuda do mesmo jeito...Brincadeira tá! 

D- O que seria de nós, se não acreditássemos no amor. Seríamos pessoas amargas e duras de mais consigo mesmo. E com o tempo tudo perderia a graça, prefiro acreditar no amor. Amor que cuida, protege, divide, multiplica, que faz bem...Afinal, nos erros e acertos da vida, nada se perde se abrandarmos o nosso coração...E se não der certo, começa -se de novo...Bom dia querido. Ótima quarta feira...

E- Quanta sensibilidade!

RBR - Sensibilidade e realidade se fundem na vida?

F- São independentes....

G- Entre dores, alegrias, ajustes, reajustes de um relacionamento, saem dois seres totalmente transformados do que foram um dia no início desta vida à dois. Colocar na bagagem os aprendizados e bora continuar a caminhada em busca de novos desafios, alegrias e amores, porque a vida é maravilhosaaa..........

H- A vida e feita de tentativas, de acertos e erros, ninguem e perfeito, todos temos nossas falhas e nossas qualidades e num relacionamento a dois, tem que se ter muita paciencia um com o outro, tolerancia, comunicacao,respeito, alem do amor, hoje todos desistem facil, mas no fundo todos provuram um par, alguem com quem compartilhar as coisas boas e ruins, um companheiro(a), os filhos crescem e vao ter a propria vida, os pais se vao, ninguem quer ficar sozinho

RBR - Filhos seguem suas rotas; os pais se vão ! A solidão se impõe? Muito bom !

I-  Certa vez li...Quanto menor grau de instrução,maior a quantidade de amor...Talvez os cérebros de amêndoas tenham mais intensidade no quesito amor... Não pensam simplesmente amam... Viva o amorrrrrr !!

RBR - Nunca tinha pensado nisso. Tks

J- Maior a quantidade de amor ou maior a quantidade de dependência econômica?

K-  Filosofando em alto nível.

RBR - Obrigado. Empírico também. Abraço

L- Empírico é melhor.

RBR- Diferente acho que sim. Talvez sim profundo. Tks

M- Que belo texto!!!Mesmo que existam muitas variáveis,acredito que esta aí a graça de toda e qualquer relação,a variável. A grande dádiva se dá em nosso livre arbítrio,em errarmos e acertarmos,e mais,em perseguirmos algo que talvez nunca exista,ou exista...Só saberemos se tentarmos e estivermos dispostos a fazer com que dê certo...ou não...VAI SABER???

RBR - Já dizia Kierkegard: "a pior derrota é perder a si próprio"; ou por outra e, agora por pensamento meu, perder para si próprio. Portanto; som, tentar.

O- Adorei tua explanação talvez eu me encaixe, estive até agora nadando contra a maré... Na próxima vou boiar talvez assim linda, leve e solta de certo né... rsrsrs

P-Mesmo com todas as variáveis temos que acreditar que é possível sim um amor duradouro e companheiro ,o que eu acredito para dar certo terá que ser de "variantes diferentes"

RBR- Boa; gostei. Criar variantes implica em sair da zona de conforto e se pilhar energia para estimular e motivar o outro. Tks

Q- A perspectiva de uma abordagem que transcenda o espectro do paradigma da dualidade sentir x viver, implica a absorção tácita de heranças introspectivas fundamentais, no que concerne à percepção psíquica da realidade exterior, transusbtanciada em padrões novos para a manifestação da afetividade. Concordas

RBR- Tenho um pouco de dúvida na referida dualidade sentir X viver. Acho que no mais das vezes; embora nem sempre, há conotação de link direto entre sentir s vida é viver o sentimento.

RBR- Sim; também acho que o mundo exterior impõe a nós uma tácita imposição de paradigmas estereotipados de comportamento. Acabamos por ser o que não somos; ou não ser o que somos.

RBR- Sim; concordo que a afetividade se vai na esteira do quase esquizofrênico mundo ambiental ( do mundo exterior ao nosso ego cego. ).

R - Texto intrigante! Creio que por mais variáveis que permeiam as relações, o que todos buscamos é o cuidado e a cumplicidade. Essência do amor verdadeiro!

RBR-Então; em um infinito de variedades, há de se ter 2 portos seguros: cuidado e cumplicidade. Entendi. Tks

S- Mais 2 ! RESPEITO e AUTONOMIA (estou surfando no achismo)

T- as lacunas entre o que é exteriorizado e o que percola as entranhas da alma humana determina os abismos afetivos, germens da infelicidade.

RBR -Disso tenho certeza. Há um hiato entre o mundo exterior e o interior. Esse hiato nos isola de nós mesmo. De certa forma, vivemos um teatro onde somos os tristes protagonistas de nós mesmos.

U- O certo é que o Amor Verdadeiro é feito de cheiros e sabores deliciosos;de beijos e abraços calorosos;de olhares e gestos encantadores;de conversas e interesses em comuns;de parceria e cumplicidade;de emoções que nem o tempo consegue apagar.É perder o controle de suas emoções e embarcar numa louca aventura chamada Amor.
Romântico? Carnal?Sensível?
SIM ou não seria Amor.

Regar todos os dias ?

V- Exato!De todas as formas!

X- True..........................thus true love has to be reciprocal ...........and with served with dignity and respect and honesty, to say the least..................and last but not least only time can really determine Tue Love.................through thick & thin...............................otherwise it is only an infatuation.

RBR- Gino; I agree. You allways has good sense. If I gás tô choice a word you used; I would say 'honesty'. Tks tô take a part

X- Perfectly agree with you Ricardo............. 'Honesty' isn't only about not lying but also about not giving false impressions.....or even not saying nothing.........as that is simply hiding the truth with the expense of hurting both vulnerable and non vulnerable people alike, which can leave irreparable physiological and emotional damage/problems.........and it's here that the problem lays. Honesty carries with it responsibility and also most important accountability towards others and to be humble enough at least to ask forgiveness.................................anywhy this is a very debatable issue/value................... Keep the discussion going. Cheers !!

Y- Eu não seria capaz, de viver uma vida mais ou menos. Eu tenho a necessidade de estar no controle da minha vida. E se as coisas não andam bem, eu faço ficar. Acredito que a pessoa certa, virá quando chegar a hora. Se o relacionamento não está bem ,fatalmente a solidão virá. É consequência...E isso não faz bem, nem para o corpo; nem para a mente. Vira doença. Precisamos procurar no lugar certo e não ter pressa. . .

RBR- Adriana; no post que fiz hoje, teu comentário é de novo pertinente. 10

Z- Por isto existe a sétima arte, o cinema.Onde a ilusão serve como um ideal que se materializa na tela. Vida real, esta sedução só existe num primeiro momento pra acasalar e propagar espécie. Depois as pessoas não sabem o que aconteceu que nada é como antes. Marionetes descartáveis. O amor não existe!

Z ii- E bem mais simples, a gente q complica tudo.

 

 

6 - Independence Day ? 26 de Janeiro

A- Não, sempre existiu, acontece que não havia celular em cada bolso.

B- Se for me avisa. Quero uma carona deles...

______________________________________

7 - Muita sorte poder ter visto isso ! 23 de janeiro

Fantástico !

 Lindíssimo!

Quantas hs de viagem? Tive que voltar domingo, sai 21:30h, 3h e 1/2

______________________________________

8 -Alguém; que não DEUS faria isso? 12 de janeiro

A- Jamais não é mesmo meu amigo

B- Simplesmente linda!! Só Deus mesmo!!

C- Sim o Photoshop.

RBR - Heron; fotografei agora da janela do quarto sem Photoshop 

D- Linda foto,mas a lua sempre me remete a nostalgia,será que esse sentimento tbm foi criado por Deus?

E- O poder da natureza

D- Jamais!

E-  A lua me faz sonhar. Abs

F- Não, ninguém!!! Só Ele mesmo! Boa noite!

G- Nature at it's best !!

H- Lindo!!!

I - Lindaaaaaaa demais a senhora lua....

J- Concordo plenamente!!

K- Muito show!

______________________________________

8 - Deus nos deu mais um dia ! 16 de Janeiro 2017

A- Bom dia,aproveita!

B- Bom dia e bom domingo! Abs

C- Lindo dia que Deus abençoe

D- Bom dia

E- Sempre haverão auroras mas está e espetacular . Coisa do Spremo Arquiteto !

F- Amem.

9 - 2016 > 2017 :1 de janeiro 2017Laura Loureiro Bing Reis; Ricardo Bing Reis; Cláudia Costi; Cláudio Rolim Teixeira e o belo casal Felipe Teixeira.

A- Grupo Show ! !

B- Mazahhh só os feras..Forte abraço

C- Bom ano novo amigo 

D- Eu diria q seria quase uma UTI movel este grupo!

E- Laura está moça linda
Feliz 2017 pra vcs!!!

F- Feliz 2017 !!!

G- Feliz ANO NOVO para todos .U abraço especial para Laurinha e Ricardo!

H- Feliz 2017 com muita saúde, paz e alegrias!!!

I- Um maravilhoso 2017. Beijos

J- Feliz 2017 Ricardo !!

K- Feliz 2017 amigo!

L- Feliz 2017 Dr Claudio R Teixeira saúde paz e amor..abraço meu e de meu esposo J

________________________

 

 

 

10-BRASILEIROS DOENTES (?) >14 de Dezembro 2016 Verão é época mais light para os médicos das vias respiratórias (otorrinos e pneumos). Sempre procurei saber algo mais da vida das pessoas, mesmo no rush do resto do ano. Contudo, agora, com mais tempo (meu mais valia), estou conversando ainda mais. Num único dia ouvi: 1) Advogado com amigdalite referiu ter 3 por ano e desconfia ser estresse, pois não aguenta mais os desconfortos da vida profissional dele. Refere muito trabalho e retorno muito desproporcional, tanto que seu sócio já desistiu e foi para algo comercial; 2) Professora Municipal referiu que a sinusite, para ela, tinha óbvios motivos. Ela estava com a vida planejada com o décimo terceiro e, agora, a prefeitura postergou o pagamento para o meio do ano ou coisa assim. Disse estar explodindo por dentro. Me pediu um antidepressivo (!); 3) Outra com amigdalite resistente ao tratamento já no terceiro dia, se dizia sob intensa sobrecarga emocional por dificuldades em zerar as contas de sua empresa; 4) 2 pacientes com enxaqueca e ambos referindo cansaço e necessidade de férias não previstas em curto prazo. // Também observei que, dentre 20 pacientes adultos na agenda daquele dia, 16 tomavam alguma medicação relacionada ao emocional; antidepressivos, ansiolíticos, sedativos, etc. // Ainda em tempo, grande número de pessoas ansiosas e com medo de perderem seus empregos (quer em empresas públicas ou privadas), tendo visto drástica redução dos quadros de funcionários. Ou mesmo já desempregados. // E, ainda, 2 curiosidades: 1) Jovem desenvolveu Herpes Labial, 24 horas pós rebaixamento do Inter (!); 2) Administrador de Empresa com Gastrite e Refluxo há 6 meses, pois o cão do vizinho de frente late no meio da noite (e que não adianta reclamar). CONCLUINDO: eu, por minha conta e (alto) risco deduzo que; o brasileiro está sofrendo de fortes distúrbios psicossomáticos; muito provavelmente desencadeados e/ou agravados pela crise econômica. Importante isso para Saúde Pública no Brasil (se é que existe isso !!!)...

A- Ecom insônia. ..kkk

RBR- perdi meus remedinhos ...

B- A parte do Inter... Não tá fácil !!!

C- Trágico, mas perfeita observação quanto à psicossomatizacao. De minha parte, sinusite e enxaqueca. .. tenho q voltar à clínica urgente

D- Pior do que crise econômica e somatização só doença grave! Vamos em frente, Ricardo!

E- Creio que os brasileiros estão passando por estes distúrbios psicossomáticos sim. Esta crise que o pais está passando tem trazido insegurança as pessoas e reflete na saúde. Digo isto pq tenho parentes e amigos que estão numa angústia e eterna lamúrias toda vez que converso com elas aí disse isto e' a crise geral vai custar a passar e o melhor a fazer procurar um profissional para ter um apoio emocional. Abraço amigo medico

F- Muita bom tuas observações, e é bem verdade com todos estes problemas sociais o que mais fica afetado é a saúde.

G- O equilíbrio emocional no ser humano, é fator primordial para sua saúde perfeita. Repensar valores na vida ajuda muito para que consigamos isso.....

H- Faz todo sentido !

I- Ótimas observacoes!

J- Sim......estamos doentes. Nos últimos meses é um bombardeio de notícias que têm nos atordoado de tal forma que não sabemos o que fazer.E para completar... com as novas tecnologias sofremos simultaneamente com os verdadeiros bombardeios na Síria,Turquia etc.

K- Outras vezes...nascemos doentes.Externamente tudo ok..internamente, menores ou maiores desajustes que podem ser contornados...e como sabemos disso, buscamos (ou não)ajuda.Passamos a expor mais nossas "complicações "....algo pouco comum até a década 70 (acho....)
O ser humano SEMPRE passou por situações stressantes...imagine o inventar a roda?????

L- Um dentista me contou, que hoje, todos sofrem, de algum grau de bruxismo, o que creio, corrobora o que você , comentou.

M- É o stress da vida moderna aliado à conjuntura econômica é a crise política e social. A cura está na mente. Assistir menos TV, ouvir mais Rock e dormir mais são as minhas dicas. abraço Ricardo.

N- Boa......e, fazer o que manda o coração....

O- sempre

P- Em que pese não ser da área médica, também tenho refletido fortemente sobre isto! Os problemas acumulados X aumento de patologias, que por vezes , surgem sem nenhuma causa física aparente. Venho sentindo isto desde Maio, em virtude de problemas diversos. Então, talvez haja mais uma especialidade que a Medicina, talvez necessite abordar. A relação causa efeito da vida moderna no ser humano. ( peço escusas pela intromissão na área, mas estou apenas corroborando para a reflexão) .

Q- Acho que me incluo aí!

R- Eu tamém .

S- Acredito, se posso palpitar, que a somatização vem da tenra infância onde a criança tinha ganhos caso viesse a adoecer. Em vista disso qualquer " problema" desaba a dramatização e somatização com baixa imunidade e porque não dizer, a cultura brasileira é emocional demais!

T- É isso aí!

U- O negócio é fazer uma parceria com médicos psicólogos e psiquiatras, aumentaria tua renda teria mais casos a estudar, protocolar... Brincadeiras à parte, hj trabalho muito, ganho cada dia melhor mas tbem tenho menos tempo p família, e para mim, e isso tbem reflete na saúde, graças a deus tenho minha profissão é esta em alta, mas é o resto? Estamos doentes sim, cada um com seus motivos, vida moderna... Abraço meu dr preferido.

V- HOJE EM DIA TEMOS QUE TER E TER PARA PODER SER ACEITO NA SOCIEDADE.SO DINHEIRO DINHEIRO.NA REALIDADE PRECISAMOS SER PARA VIVER BEM.

X- O Brasil faz mal para a saúde ! Parabéns pela lucidez Ricardo .

 

11 - Meu Inter e meu Grêmio > 8 de Dezembro 2016 o ódio jamais será o desamor. A indiferença é o desamor. Se você pensa no outro, você não o ignora. Sendo assim, a rivalidade é ruim, pois nessa você quer destruir o outro. Ora, sem o outro, quem é você? Portanto, aqueles que se admiram, competem/duelam. E, até onde sei (o que nunca é tanto), na rivalidade um quer a destruição do outro. Ao desaparecer o outro, nada sobra de si mesmo, pois perde-se a razão de ser como existente. Na competição/duelo, você quer vencer, mas, tendo vencido, você reconhece o rival e procurar melhorar para superá-lo. O Inter já puxou o Grêmio e vice-versa. Não é por menos que, uma cidade de porte não grande, tem 2 campeões mundiais. Logo, se por um lado estou odiando o barulho que me tira o sono aqui na esquina da 24 de Outubro com a Bordini; por outro sinto que nós, colorados, temos que voltar ser nós. Parabéns aos gremistas.

Erasure - Love To Hate You (Official Video)

https://youtu.be/ygLy02y7_n8

A- Meus parabéns!

B- Tb nao consigo dormir, Ricardo...Estou na 24...na frente do Parcao.. Impossível de dormir..

C- Linda reflexão!!! Racional e emotiva..

D- Obrigada.

E- Aaaa, valeu!!!!

F- Linda reflexão. Estas virando filósofo, hehehw!!

G- Amooooo essa música!! Compartilhando!!

H- Hoje percebi o quanto sou amada. VIXE...nenhum gremista me ignorou........

12 - PAI FRIO E COM NERVOS DE AÇO > 4 de Dezembro 2016 Desde infância ouço que o pai 'ideal' é um homem forte. Somente nunca me disseram o que seria 'ser forte'. Imaginei eu, desde criança e adolescência, que, ser forte, significaria não se deixar abalar emocionalmente tão facilmente. Quando estava por me separar em janeiro/2016; ficava eu com insônia pensando como ficariam carentes minhas filhas sem mim em casa. O que quero relatar aqui, não passa por aí, isto é, não passa pela carência ascendente. São centenas as literaturas disponíveis de como se sentem os filhos de pais separados e/ou em processo de. Nunca li absolutamente nada sobre a carência descendente. Agora dou-me como exemplo. Em um domingo, uns 60 dias pós separação, senti um vazio profundo. Segurei meu crânio pelo couro (ainda) cabeludo e comecei a me auto analisar do porquê daquilo. E veio-me o insight. Contrário senso a tudo que eu lera até então, estava eu diante uma situação que, julgava, ser infrequente. Senti que, naquelas insônias, o meu medo em real não era de como elas filhas ficariam sem mim (embora seja assunto à parte); mas sim de como eu pai ficaria sem minhas filhas. Ora, isso iria 'estourar', e aconteceu naquele segundo mês. Liguei para minha ex e disse: "De amanhã em diante, além de levá-las no Anchieta todos os dias às 7 horas, também vou buscá-las no último compromisso do dia (tal inglês, tênis e violão)". Ela me disse: "Só quero ver quanto tempo vai durar isso (!)..." Pois essa medida, aplacou minha carência, nunca mais senti aquele vazio daquele domingo; hoje me sinto constantemente pleno. Já se passaram 8 meses e, a chance de isso mudar é zero. Hoje vejo que o pai Super-Herói à Batman e/ou Super-Homem não é o frio; mas o afetivo, apegado. Esse é o pai forte; o pai quente; o pai super herói.

A- Admiro vc pois o da minha filha infelizmente e um pinguin!,,,,

B- O certo é que eles lidam muito melhor com este tipo de situação. Já tenho minhas dúvidas quanto a nós.A única coisa a fazer é realmente suprir a "falta"de todas as formas.

C- Muito bonito ....e assim tudo vai dando certo amigo!

D- Se todos os pais fossem assim, nossa vida - de filhas de pais separados - seria muito, mas muitooooo melhor! Clap Clap Clap

E- Bravo, amigo

F- Que bonito Ricardo!

G- Sorte de tuas filhas,ter um pai amoroso e dedicado,primo Ricardo !Bjs...

H- Brilha tua estrela de pai !

I- Aonde há amor latente,não há espaço para amor carente...simples assim . Abraço.

J- Por mais pais como vc! Que percebam que a separação é entre o marido e a mulher é não entre pai e filhos.

K- Que lindo Ricardo Bing Reis.
Coisa boa saber olhar diante a situação e sentimentos, podendo resolver da melhor forma possível o carinho e amor pelas filhas.
Pai realmente é um só, e elas precisam de vce.

L- Um dia verás que as meninas não precisarão mais de teus "serviços ". E isso é rápido! Você acordará e um garoto estará na porta da Universidade...enquanto isso não acontece, VIVA Plenamente a sua vida sozinho e com elas.Pais e mães são os indispensáveis mais biodegradáveis que existem. Hora somos tudo para os filhos ....outra...eles são Tudo para nós. Pessoas que sentem,refletem,e expõe essas questões....precisam elaborar a "transitoriedade" de tudo,e que vazios são inevitáveis....portanto, desfrutar de bons momentos,fortalecer as relações e ter boas lembranças é fundamental para todos.

M- Não moras mais juntos com as meninas mas estas mais presente do que antes e o amor de vocês não muda . Parabéns estas sabendo lidar com a situação.

N- A separação do casal constitui desafio incomparável no nosso ciclo de vida, tendo como foco principal os filhos. Um pai vinculado aos filhos, como tu, pode ser a essência da preservação da saúde mental e do desenvolvimento das crianças. Segue firme e conta com a resiliência da família.

O- Lindas tuas palavras, lindo o teu sentimento.

P -Com certeza Dr Ricardo Bing Reis, o pai presente é o pai herói, lembro que levei minha filha Antônia na época ainda cm 10 anos no seu consultório e também havia me separado recentemente de uma casamento de 20 anos mas ao contrario o meu ex marido não foi presente, via as minhas filha somente sábados apenas quando possível e isso sim fez elas sofrerem muito. Hoje fui embora de Porto Alegre a 4 meses ja morando no litoral e ele veio apenas uma vez passar o dia com elas. Hoje somos nós tres e um grande sofrimento por traz de tudo isso a ausência do Pai. Parabéns por ter enxergado e por teres tomado essa iniciativa pois com certeza para elas será lembrado para sempre! Beijos Bom domingo.

Q- Eu entendo você. Quando me separei, há quase dois anos, em razão de pensão , ele segurou meus filhos; perdi 10kg em 1 mês e meio. Quando aceitei suas condições e meus filhos vieram para casa, tudo mudou. Eu não sou nada sem eles. Mas, infelizmente, ele não pensa assim. Muitas vezes preciso pedir para ele ir vê-los.

R- Em uma separação todos saem perdendo, infelizmente há situações que não temos outra opção . Paz e Amor !

S- Com certeza, Ricardo, esse é o pai forte e presente que eles levam pra vida! O Amor e a atenção nunca são de mais!

T- Que bom esse momento de ser ver...sentir e sinceridade com seus sentimentos e reações....estas no caminho certo ...não ha AMOR maior do que esse recebido ou trocado entre pais e filhos....
Com certeza estás sendo mais presente hoje doque a 8 meses atrás...mais intenso.... Siga seu instinto e coração e tudo ficará bem...

 

U- Com certeza Ricardo Bing Reis para ser pai .. basta dar amor e acompanhar o dia a dia, não precisa estar presente todo o dia..as vezes poucas horas são mais importantes e marcantes do q um dia todo vazio...a valorização dos bons momentos juntos é o. Que vai ficar marcado no coração delas...de quê vale viver junto e elas presenciarem as brigas...isso sim é prejudicial pra elas e para vc! Um abraço seja feliz com tuas pequenas

V- Parabéns! O que importa não é a quantidade de tempo que passamos com nossos filhos, mas a qualidade desse tempo. A cobrança da quantidade de tempo gera um sentimento de culpa. Em contrapartida se esquecermos esse ítem e aproveitarmos ao máximo nossa oportunidade de termos a companhia dos filhos, teremos muitas lembranças boas com certeza. A vida fica mais leve sem sentimentos de culpa.

X- Parabéns Ricardo, essa tua presença é o que vai fazer diferença na vida das tuas filhas (e da minha também).

Y- Gostaria eu ,que todos os pais do mundo !!!
Tivessem a oportunidade de ler esse teu relato.
E ter essa tua atitude perante os filhos e filhas.
Parabéns por ser esse pai e ser humano incrível.

Z - Verdade! O importante é estar presente.

AI-  Ri, faço minhas as palavras de minha amiga querida e distante, ... Te admiro pelo pai que és... Grande beijo..

BI- Que bom que tiveste esse insight. É muito triste ver pais que não dão bola pros filhos, senão nos momentos que podem exibi-los como troféu, nas horas em que estes acabam por agregar-lhes valor.

CI- Parabéns Ricardo Bing Reis, nem todos os pais são presentes.Tive o prazer de conhecer também o pai dos meus filhos,que também era um paizão.

DI- Este Bing está cada vez melhor. Uma boa lição para nós todos que somos país!

EI- Concordo com todos e digo que a separação foi do casal.. Não toca às tuas filhas... Parabéns, força sempre.

FI- Parabéns pelas reflexões, pelas atitudes tomadas e por este compartilhamento. Posso compartilhar tua msg? ABS.

GI- Parabéns pela atitude ,digo sempre ao meu filho que existe ex marido ,ex mulher ,mas não existe ex filho 

HI- És um excelente pai Ricardo Bing! Aproveita mesmo tuas filhas!! És um pai presente, e isso vai fazer toda a diferença na tua vida e na delas!! Beijo.

II- Isto é realmente a manifestação de amor verdadeiro que fará de tuas filhas pessoas seguras e felizes. Bj

JI- Parabéns grande Ricardo, exemplo para o para ser seguido. Este é o filho da Ilse !!!

KI- Parabéns pela sua atitude,isso com certaza suas filhas levarão; para toda vida...E sentirâo orgulho de você,meu amigo.

13 - CHAPECOENSE E AS COMOÇÕES SOCIAIS 30 de Novembro 2016> Fiz um round nas centenas de postagens em redes sociais pertinentes à tragédia que vitimou os integrantes do Clube Chapecoense de Futebol e comunicadores que iriam cobrir a final da Copa Sul Americana de 2016 na Colômbia. Vi diversas postagens sobre pesar/lamento. Outras tantas sobre solidariedade. E muitas ainda sobre filosofia de vida relacionadas à fragilidade da vida (não raro definida como um 'sopro de vida'). Como se, num jogo de canastra, ao comprar do bolo, viesse um coringa (entretanto, um coringa do mal). Pesar e lamento é manifestação de sentimento; ok. Solidariedade é manifestação de empatia e altruísmo, também ok. Filosofias sobre o 'sopro de vida que é nossa existência', é louvável, mas de praticidade próxima ao zero (salvo supostas raras exceções que desconheço, mas devem sim existir por aí). Nos momentos imediatos de tragédias coletivas (e até individuais), a tendência é de filosofarmos no sentido de mudarmos nossa forma de existir, enquanto existimos. Choviam postagens de cunho filosófico. Muito coerentes, todas bem escritas e inteligentes. Que embaraçavam pela simplicidade do raciocínio lógico. Mas de aplicação prática que, acredito (com possível tendência ao erro), beirando ao resultado inútil. Trechos que nos remetem à fragilidade da vida; do quanto podemos (sem saber) estar no nosso último dia; do quanto não compensa se estressar tanto na vida (e coisas do gênero). Algumas meio piegas, convenhamos, mas outras tantas não. Em 2 ou 3 dias, as pessoas já começam a falar de outros assuntos, nos assuntos da hora, como se nada tivesse acontecido. Nunca vi uma pessoa dizer que mudou profundamente sua vida pós episódio do edifício Joelma, do WTC, do tsunami no sudeste asiático, dos mineiros soterrados no Chile e assim vai. Portanto, tais tipos de postagens, embora interessantes, em nada (ou quase nada) resultam. Por que? Como mero achista e chutista, arriscaria (em minha falta de medo), a dizer que só muda de fato quem sofre. Uma pessoa que não está em sofrimento contínuo e intenso, vai para praia, dorme embaixo do coqueiro e come o côco. O deprimido crônico, acaba em introspecção (alguns, nem todos; e filosofam da forma que podem). O fator desencadeante do sofrimento crônico pode ser genético, um episódio agudo de perda de familiar em acidente (em que a dor do sofrimento se cronifica) e assim segue o trem. De outra forma, acho difícil que uma pessoa evolua à categoria de 'filósofo de si mesmo e até do mundo'. E, filosofar, li não sei onde, seria pensar sobre a morte; enquanto que, maturidade, seria falar serenamente com a morte. Fica fácil deduzir que filosofar é amadurecer (e ainda, de forma elaborada, lapidada). Mas a negação impede que as pessoas sigam nessa linha de analisar a vida à ótica da morte. Ao leigo e não lido, tal observação soará como depressiva, mas tal é fruto da deficiência de conhecimentos sobre o tema. Uma forma seria você pensar a vida da frente para trás, contrário senso ao que geralmente se faz. E perguntar-se, em jogo de raciocínio (da frete para trás): aquilo que está me acontecendo, vista do futuro, é assim tão significativo quanto me faz parecer hoje? Em geral a resposta será não. Outra forma é dizer para si mesmo 'mas eu não estou em doença terminal ou até já em terminalidade (!)'... Penso que temos uma certa tendência a boicotarmo-nos; transformando formiga em elefante. Com os 2 exercícios de raciocínio que mencionei, faz-se o sentido vetorial inverso; transformando supostos elefantes em formigas (de dimensões compatíveis com a realidade). Logo, para você que assim pensa, surge uma adversidade: o estouro da boiada. Enquanto toda manada corre em direção bumba-meu-boi; você precisa driblar e sair na contra-mão. Ou por outra, sair do senso comum e entrar em si mesmo (no senso estrito). Somente assim, de fato se muda a forma de ver a vida e de viver (pois também de nada adianta ver diferente sem atuar; sem fazer; sem por em prática). Ah, ainda em tempo, prepare-se para ser taxado de maluco. Apenas acho isso. Acho.

CHAPECOENSE E AS COMOÇÕES SOCIAIS > CONT

A- Isso mesmo,concordo.

B- Concordo, só que não é fácil aceitar a morte, embora seja a única fase concreta de nossa vida.

C- Ricardo, ate que enfim pensamos iguais!!!Fiz que nem vc fiquei observando todas postagens...Resumindo cheguei a mesma conclusao!!Abracos ..

D- Faltou querosene. Ou seja, tá mais pra um crime, que pra um acidente! Mas isso em nada muda as tuas boas sacadas. "Tb acho

E- Por isto nos deparamos com o " estouro da boiada"

F- Eu tbm SEU MALUCO!! Mas sinto um tristeza gigante com relação aos familiares por tudo q imagino q estão passando eu não consigo ao sentir Doutor..

G- Acredito que você tomou todo o cuidado ao escrever para quem quer que seja, pois a emoção humana é volátil e acharia um insulto ou desrespeito num momento como este. Penso que se olharmos a vida sob o prisma das emoções, ela é uma tragédia, mas sob a lógica é uma piada. Estes grandes momentos, que serão lembranças que marcaram uma época, vêm com a ideia inerente que nossa realidade não pode ser negada, mas será em breve... Como viver na angústia? O pseudo esquecimento é uma dádiva para continuar , para lidar com o cotidiano e para pensar num futuro (?)

H- Você já observou como grandes pensadores e filósofos simplesmente suicidaram-se em momentos que suas vidas estariam sendo obsoletas para eles ? Na verdade a inteligência tira o medo e a superstição, daí é fácil ver a vida como ela é. Num sentido filosófico nunca encontraremos a tal verdade, pois nos é negada mesmo por pensamentos matemáticos. Sim daqui a 2 ou 3 dias tudo volta ao normal. Assim como a cocaína; o açúcar; o álcool são vícios, brincar de viver também é um vício que bebemos e usamos todos os dias pelo princípio do prazer. Só isto!

I- SAM HARRIS É SEMPRE AGORA LEGENDADO - https://youtu.be/o3jTo3an-JY

J- Hi Ricardo !! What you wrote makes a very intruding reasoning. I can see and appreciate your philosophical perspective, hence it is very debatable to say the least. Thus one has to be careful not to fall into what I refer to the grayish concept of ''relativity'' . It's upon emotions and feelings that one can be what he/she is now and as to where he/she will be. It's true that within a couple of days all will be forgotten, as the social media will search for other sensational coverage. Hence it is our duty and responsibility as human beings to keep the memories alive as the media at the end of the day will go where money is made. Definitively and not least parents, spouses, siblings friends, children etc of the deceased will never forget the solidarity that people had shown/flowered in their worst hit moments. The ones who died ......it's true.....it's over.............but for whom they left behind it will never be over.

K- Acho que somos muitas vezes impelidos a nós manisfestar nestes momentos, pelas circunstâncias, comoção, solidariedade, mas acredito que poucos mudam, só os próximos da dor.
E também a maioria logo a vida os traz de volta .
Mas é válido acho.!

L- Bem, além dos sentimentos como pesar e solidariedade, piegas ou não, algo prático mudou no meu olhar aos países vizinhos. Chamou atenção a competência de autoridades, do corpo médico e a excelência do hospital de Medellín, além claro, do "piegas", sentimento de respeito, carinho e solidariedade.

M- Não entendi nada, mas achei maravilhoso!

14 - 30 ANOS DE MEDICINA e 1 FRACASSO 26 de Novembro 2016> Agora à noite, eu e mais 60 colegas-amigos da UFRGS, vamos festejar 30% de século dedicados à ajudar os outros como médicos. Especializei-me em Otorrino e Psicoterapia; embora só atue no primeiro. O importante é a boa vontade e o esforço em ajudar as pessoas. O percentual de erros técnicos que cometi: eu não tenho essa estatística; mas com toda certeza erro como qualquer ser humano. Mas o erro GRAVE é o mal atender. Atender com desprezo pela pessoa que está ali precisando de ti. Estava eu em plantão infindável e; após atender mais de 100 pessoas, tive estafa e, no paciente seguinte, cometi meu único FRACASSO: atendi mal aquela pessoa. Deixei transparecer tanto, que o paciente se levantou e foi embora. Parei tudo por 30 minutos e me auto analisei: eu havia, naquele momento, perdido minha dignidade médica e de pessoa. Telefonei para o paciente e pedi perdão. Isso já faz mais de 20 anos e; de lá para cá, vivo com essa vergonha interna e que será eterna.

A- Reconhecer esta falha, poucos médicos conseguem fazer, meus parabens, como amigo e paciente, creio que esta pequena falha o tornou um grande médico, desde já obrigado

- 30 ANOS DE MEDICINA CONT.

B- Dr Ricardo, és um excelente profissional muito mais do que isso és um ser humano fantástico!!! Te admiro muito como pessoa e profissional, muito obrigado por sempre me atender muito bem e com um sorriso maravilhoso no rosto! Um beijo grande.

C- Excelente médico! Parabens!

D- Ô cara, tu telefonou para o paciente e pediu desculpas. Isso transformou imediatamente teu fracasso em sucesso. Vou além: fosse hoje em dia, esse telefonema seria quase uma prova de amor. Bjo primo

E- Adoro pessoas que refletem e reconhecem uma falha ... ando farta de semideuses . Parabéns

F- Parabéns , posso dizer que de médico passastes a amigo da minha família. Todas as vezes que precisamos tivemos toda tua atenção e carinho. Acho que tua atuação como médico é um reflexo da pessoa que és. Muito obrigado e um grande abraço.

G- Esquece isto!!!

H- Parabéns 
Dr Ricardo 
É um privilégio ser seu paciente

I- Dr. Ricardo,
Vc é um excelente profissional!
Acima de tudo um médico humano.
Parabéns!

J- Meu Deus... "Se todos fossem igual a você "....

K- Parabéns pelo profissionalismo Dr. ! Abraço

L- Parabéns Dr Ricardo Bing Reis es tão excelente que fizeste a previsão do meu infarto que nem o cardiologista não previu, sabes bem , grande abraço

M- Parabéns Ricardo! Meu otorrino favorito!

N- Fel Gipson! Baita médico e amigo! Tu tá mais bonito

O- Parabens!!! Vc esta se mostrando um exemplo a ser seguido, pois reconhecimento, gratidao e humildade sao virtudes esquecidas por muitos. Nao carregue mais esta vergonha, pois tenho a certeza q com sua postura e pedido de desculpas, o paciente ja te desculpo e inclusive dever estar ainda relembrando e contando esta sua virtude a muitos por ai. Parabens mais uma vez. Bj

P- Parabéns ! Muito obrigada por sempre me tratar bem. Você mora no meu coração !

Q- Parabéns pelos trinta anos!!! Também tô fazendo 30!!!

R- Parabéns Dr Ricardo Bing Reis, pelos seus 30 anos dedicados a Medicina. Sua cordialidade supera qualquer ato que possa ter cometido no passado. Tudo são experiências que carregamos por toda a vida.

S- Um excelente médico amigo parabéns doutor 

T- Médico e amigo nota 10.... obrigada por atender tão bem minha mãe e meu pai ( mesmo que tenha sido por telefone) 
Bjos

U- Eu tb agradeço por ter atendido o meu filho tão bem em umas das vezes que estive em POA!!! Bj.

V- Reconhecer o erro é nobresa de espírito. Já passou, não se sinta culpado.

X- Querido amigo Ricardo,ninguém é super nem de ferro. Perfeição está longe ainda deste plano.Então te perdoa tá? Beijo no core!

Y- Aquele "erro" te fez ser ainda melhor, dr.! Portanto, olhes pra ele como uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional, ainda mais com a bela performance ao longo da tua carreira. Todo mundo erra, mas nem todos aproveitam os ensinamentos que vem com os equívocos e isso é o principal. És um baita médico que, além de competente na tua área, tens um olhar holístico e humano pro paciente. E eu não sabia da tua especialização tbém em psicoterapia, mas agora entendo ainda melhor tua generosidade como médico. 
Nunca vou esquecer teus cuidados comigo enquanto eu estava lá do outro lado do mar... 
Gratidão, dr.!
E que Deus sempre te abençoe e te ilumine!
Forte abraço

Z- Parabéns, Ricardo ! Pela data e pelo teu caráter ! Forte abraço !

AA - Amigo Ricardo, cada vez te admiro mais! Beijo e grande abraço!!

BB- Parabéns Dr. Ricardo! E um muito obrigada! Por ter salvado a vida do meu marido. Ele tendo uma infecção causada por um tratamento dentário e nem um dentista capaz de solucionar o problema ou encaminha lo por um tratamento da forma como o senhor o fez. E foi o que o salvou de todos os riscos que ele estava correndo de morrer. Sempre eu é minha família vamos lhe ser gratos! E que Deus abençoe esse médico e a pessoa que tu é, sempre estará nos nossos corações! um grande abraço meu,

CC- Parabéns pela carreira ! Nao há ninguem que nunca tenha cometido algum erro algum ....

 

DD- Parabéns querido médico e nosso amigo, que sempre nos atendeu maravilhosamente bem, como médico e pela indicação que me deste da Anacélia Paganin num momento tão necessário e importante da nossa vida, com filhos pequenos a criar, que com certeza ajudaste a me salvar de um grave problema. Gratidão e amizade sempre. Grande abraço

EE- Prezado colega Parabéns pelo teu profissionalismo, Dedicação e Amor pelo que fazes.Que mantenhas assim por muitos e muitos anos, pois nos gratificante a cada caso que mostramos nossa eficiência !

FF- Para quem esqueceu o abrigo da turma! Muito fashion!!

GG- Parabens..
Que Deus continue te cobrindo de bencaos.

HH- Parabéns pelo belo gesto de humildade. Admiro muito isto!!!

II- O importante hoje é que você viu esse erro, pediu perdão e isso é passado.

JJ- Sou tua paciente á 15 anos é te admiro muito. Parabens

KK- Grande colega e amigo: tira esse peso dos ombros. O paciente deve até hoje lembrar com espanto e admiração o gesto que tiveste. Abraços

LL- Errar é humano.
Parabéns pelos 30.
Grande abraço

MM- Eee Parabéns Dr. bing! Colega amigo e Dr

NN- Grande Bing,depois da grande festa,tira esse pensamento da cabeça para sempre.O paciente já te perdoou, e ele deve ter ficado agradecido com as tuas desculpas.Reconhecer um erro é uma virtude de grande valor!!!Parabéns 30 anos.

OO- Parabéns! Excelente médico!

PP- Só em teres ligado para o Pact.superou algum erro cometido.Somos humanos!!!!!
Com estes gesto tão lindo,o Pact eve ter melhorado.abç

 

15 - MEUS LIVROS 14 de Novembro 2016> Especificamente sobre o Comportamento Humano e História da Civilização: nada sobre a loucura de comprar isso tudo !!!

A- Que fazem em sacos??????

B- Vai doar???

RBR - recém trouxde do pédio da Clínica para casa. São sacolas de caliça. Um dia colocarei em estantes. Acho que em 2026.

RBR - Não vou doar, é´patrimônio se, preço. Uso.

RBR - sem preço

C- Uma vida q esta guardada ai!!Um tesouro q nao tem preco!!

D- Nossaaaaa.....certa vez....um temporal destruiu minha casa....e livros.Agradeço ao temporal. A maioria de esquerda....................faz tempo que minha existência é prática e não teórica....já passei dos 50...

RBR- Ler ajudou muito minha vida. Muito. Beijo

E- Livros de esquerda? Em espanhol porque não podiam ser publicados Aqui?.....E sinceramente........me jogar no mundo.....ajudou bem mais.Mas sou uma exceção. Tenho déficit de atenção.........beijo

RBR- Etologia, antropologia biológica, behaviorismo, neurociência, neurologia, darwinismo, psicanálise, psicoterapia e filosofia perfazem 90%. Quase nada sobre política.

F- Sobre política é importante. O ruim...é que eu comprava livros doutrinários, era doutrinada nos curso de Ciências sociais,no de História não. Pelo contrário...professores me alertavam sobre possíveis manipulações, visto que éramos muito jovens (17,18...).E hoje,se não tivesse perdido,queimaria"As veias abertas da América Latina ".

G- Deveria ter dedicado mais tempo aos livros de história. Estou tão indignada com o rumo que a pseuda esquerda deu ....que passei a rejeitar tudo.

H- A leitura abre as portas do mundo

16- Pré comemorando 30 anos de formatura / Medicina 1986-UFRGS. Eu; Cláudio Rolim Teixeira e Cláudia Costi 8 de Novembro de 2016.

Parabéns!

Ótimo Médico...Amigo bacana!

Parabéns

Bacana...todos muito bem.Parabéns.

Parabéns!

As mesmas carinhas de quando foram doutorandos e residentes, que máximo !

Parabéns Dr.!

Parabéns

Que bacana...

Parabéns

Parabéns. És um excelente médico

Parabens!

A nossa festa de

A nossa festa de 30 foi muito boa!Aproveitem.Abs.

17- FINADOS 2 de Novembro de 2016> São nossos HERÓIS. Dia de Finados não é dia de lamentos. É sim dia de homenagear e agradecer. Homenagear e agradecer a todos os já mortos. Somos uma corrida de bastão sob efeito dominó. Desde a Gênese, passando pelos primatas e todos nossos antecedentes, só estamos aqui pois eles passaram antes. Somos, cada um de nós, mero elo de uma cadeia que espero ser infinta. Sim, muita coisa errada aconteceu, acontece e seguirá acontecendo. Não nos cabe julgar nada disso. Nos cabe o otimismo e a gratidão de ser um desses bilhões de elos. Nada de rancores; nada de pesssimismos; nada lamentações; nada de reclamações... Combata o negativismo !!! ...

David Bowie - Heroes (Live) https://youtu.be/pU9JAvZGaIg

David Bowie - Ashes To Ashes (Live) - https://youtu.be/3gk1DcFz-Uc

Bem lembrado. ..

Belo texto. Mas não consigo deixar de achar q a morte é uma baita cretinice divina. O dia q subir, farei um escândalo daqueles!! ! Vou entrar com habeas corpus e tudo.. . Hehe

RBR- E se não fôssemos mortais, faríamos o quê da vida ? Um tédio...

RBR- Eu quero ser mortal. Senão minha vida perde o sentido. - Pensa nisso.

RBR- Por outro lado; prefiro sim morrer do que deixar essa vida. Mas não em ''cronologia, mas estilo.

Paula, o bom de tudo é constatar que tu adoras viver tua vida ...

Ahhhh, Ricardo Bing Reis, adoro sim e sou apegada as coisas que me cercam: parentes, animais, lugares... . Acredito q, se tivéssemos uma qualidade de vida boa (sem os problemas de saúde q vem com a idade), gostaria de experimentar a imortalidade. Ou, pelo menos, viver na boa até os 150 aninhos! !! Que tal lhe parece?

18 - CARDIOPATIA ISQUÊMICA & AVC ISQUÊMICO 30 de outubro de 2016>

VIDEO LINK AQUI

a- Incrível!!!

b- Perfeição

 c- Incrível!!!

 d- Prevenção é o melhor remédio

__________________________________________

19 - TEMPO & DINHEIRO 29 de Outubro 2016>

VIDEO LINK AQUI

Qual o seu maior valor? O tempo ou o dinheiro? Se for o dinheiro e nem cogita em trocar; jamais assista esse vídeo, visto que ele antecipará a você, o que provavelmente lhe ocorrerá na velhice e ainda mais na terminalidade. Saber preterir dinheiro em prol de tempo, pessoalmente pensando, é prudência, no mínimo.

A- Há tempos em que não há tempo para percebê-l0.Contudo,precisamos estar atentos...e jamais perde o precioso tempo.

RBR -  A revista Istoé, publicou esta excelente entrevista de Camilo Vannuchi._ _O entrevistado é Roberto Shinyashiki_, _médico psiquiatra_, 
_com Pós-Graduação em administração de empresas pela USP, consultor organizacional e conferencista de renome nacional e internacional_. 
_Uma das perguntas, veja a seguir e medite_. 
*ISTO É*: Muitas pessoas têm buscado sonhos que não são seus?
*Shinyashiki*: A sociedade quer definir o que é certo. São quatro loucuras da sociedade: 
*A primeira é*: instituir que todos têm de ter sucesso, como se ele não tivesse significados individuais. 
*A segunda loucura é*: Você tem de estar feliz todos os dias. 
*A terceira é*: Você tem que comprar tudo o que puder. O resultado é esse consumismo absurdo. 
Por fim, *a quarta loucura*: Você tem de fazer as coisas do jeito certo. 
*Jeito certo não existe*. Não há um caminho único para se fazer as coisas. 
As metas são interessantes para o sucesso, mas não para a felicidade. 
Felicidade não é uma meta, mas um estado de espírito. Tem gente que diz que não será feliz enquanto não casar, enquanto outros se dizem infelizes justamente por causa do casamento. 
Você pode ser feliz tomando sorvete, ficando em casa com a família ou amigos verdadeiros, levando os filhos para brincar ou indo à praia ou ao cinema. 
Quando era recém-formado em São Paulo, trabalhei em um hospital de pacientes terminais. Todos os dias morriam nove ou dez pacientes. Eu sempre procurei conversar com eles na hora da morte. 
A maior parte pega o médico pela camisa e diz: _"Doutor, não me deixe morrer_. _Eu me sacrifiquei a vida inteira,_ _agora eu quero aproveitá-la e ser feliz"._
Eu sentia uma dor enorme por não poder fazer nada. Ali eu aprendi que a felicidade é feita de coisas pequenas. 
Ninguém na hora da morte diz se arrepender por não ter aplicado o dinheiro em imóveis ou ações, ou por não ter comprado isto ou aquilo, mas sim de ter esperado muito tempo ou perdido várias oportunidades para aproveitar a vida.
Deus nos criou para vivermos a vida em toda a sua plenitude, para sermos felizes, sermos livres...não se deixe escravizar...não seja escravo da ganância... do egoísmo... da amargura... do ressentimento...da falta de tempo...
Tenha tempo para Deus, para sua família, para você mesmo!
Seja livre para amar...para perdoar...para sonhar...para viver !
*"Não espere a hora da sua morte para lembrar-se de que é preciso aproveitar a vida e ser feliz!"*

30/08/16 08:38:43: Paulo Paglioli: A propaganda nos atordoa: temos de ser grandes bebedores (daquela marca de bebida, naturalmente), comprar o carro mais incrível, obter empréstimos com menores juros, fazer a viagem maravilhosa, ter a pele perfeita, mostrar os músculos mais fortes, usar o mais moderno celular, ir ao resort mais sofisticado. Até no luto temos de assumir novas posturas: sofrer vai ficando fora de moda.
Contrariando a mais elementar psicologia, mal perdemos uma pessoa amada, todos nos instigam a passar por cima. “Não chore, reaja”, é o que mais ouvimos. “Limpe a mesa dele, tire tudo do armário dela, troque os móveis, roupas de cama, mude de casa.” Tristeza e recolhimento ofendem nossa paisagem de papelão colorido. Saímos do velório e esperam que se vá depressa pegar a maquilagem, correr para a academia, tomar o antidepressivo, depressa, depressa, pois os outros não aguentam mais, quem quer saber da minha dor? O “ter de” nos faz correr por aí com algemas nos tornozelos, mas talvez a gente só quisesse ser um pouco mais tranquilo, mais enraizado, mais amado, com algum tempo para curtir as coisas pequenas e refletir. Porém temos de estar à frente, ainda que na fila do SUS. Se pensar bem, verei que não preciso ser magro nem atlético nem um modelo de funcionário, não preciso ter muito dinheiro ou conhecer Paris, não preciso nem mesmo ser importante ou bem-sucedido. Precisaria, sim, ser um sujeito decente, encontrar alguma harmonia comigo mesmo, com os outros, e com a natureza na qual fervilha a vida e a morte é apaziguadora. Em lugar disso, porém, abraçamos a frustração, e com ela a culpa. A culpa, disse um personagem de um filme, “e como uma mochila cheia de tijolos. Você carrega de um lado para o outro, até o fim da vida. Só tem um jeito: jogá-la fora”. Mas ela tem raízes fundas em religiões e crenças, em ditames da família, numa educação pelo excessivo controle ou na deseducação pela indiferença, na competitividade no trabalho e na pressão de nosso grupo, que cobra coisas demais. Dizem que devemos nos informar melhor, mas quanto mais informação, mais dúvidas; quanto mais abertura, mais opções; quanto mais olhamos, mais se expande a tela onde se projetam nosso desejos. Nessa rede de complexidades, seria bom resistir à máquina da propaganda e buscar a simplicidade, não sucumbir ao impulso da manada que corre cegamente em frente. Com sorte, vamos até enganar o tempo sendo sempre jovens, sendo quem sabe imortais com nariz diminuto, boca ginecológica e olhar fatigado num rosto inexpressivo. Não nos faltam recursos: a medicina, a farmácia, a academia, a ilusão, nos estendem ofertas que incluem músculos artificiais, novos peitos, pele de porcelana, e grandes espelhos, espelho, espelho meu. Mas a gente nem sabe direito onde está se metendo, e toca a correr porque ainda não vimos tudo, não fizemos nem a metade, quase nada entendemos. Somos eternos devedores. Ordens aqui e ali, alguém sopra as falas, outro desenha os gestos, vai sair tudo bem: nada depressivo nem negativo, tudo tem de parecer uma festa, noite de estreia com adrenalina a aplausos ao final. Autora: Lya Luft . Livro: Múltipla escolha
30/08/16 08:35:55: Paulo Paglioli: Essa é uma manifestação típica do nosso tempo, contagiosa e difícil de curar porque se alimenta da nossa fragilidade, do quanto somos impressionáveis, e da força do espírito de rebanho que nos condiciona a seguir os outros. Eu tenho de fazer o que se espera de mim. Tenho de ambicionar esses bens, esse status, esse modo de viver – ou serei diferente, e estarei fora.
Temos muito mais opções agora do que alguns anos atrás, as possibilidades que se abrem são incríveis, mas escolher é difícil: temos de realizar tantas coisas, são tantos os compromissos, que nos falta o tempo para uma análise tranquila, uma decisão sensata, um prazer saboreado. A gente tem de ser, como escrevi tantas vezes, belo, jovem, desejado, bom de cama (e de computador). Ou a gente tem de ser o pior, o mais relaxado, ou o mais drogado, o chefe da gangue, a mais sedutora, a mais produzida. Outra possibilidade é ter de ser o melhor pai, o melhor chefe, a melhor mãe, a melhor aluna; seja o que for, temos de estar entre os melhores, fingindo não ter falhas nem limitações. Ninguém pode se contentar em ser como pode: temos de ser muito mais que isso, temos de fazer o impossível, desnecessário, até o absurdo, o que não nos agrada – ou estamos fora. A gente tem de rir dos outros, rebaixar ou denegrir nem que seja o mais simples parceiro de trabalho ou o colega de escola com alguma deficiência ou dificuldade maior. A gente tem de aproveitar o mais que puder, e isso muitos pais incutem nos filhos: case tarde, aproveite antes! (O que significa isso?) A gente tem de beber em preparação para an balada, beijar o maio número possível de bocas a cada noite, a gente tem de.
a cada noite, a gente tem de.
Um pai de família matou sua mulher a facadas e jogou seus dois filhos da sacada antes de pular e se matar também, no Rio de Janeiro.
Outro pai de família pulou do 17º andar do fórum em SP, com seu filho no colo.
Na carta de despedida dos dois, eles falavam do desespero por não conseguirem mais sustentar a família com dignidade por terem trocado de emprego e diminuído a qualidade de vida. Até quando vamos viver pelo trabalho e pelo dinheiro? Quantas avós conhecemos que tiveram seus 12 filhos e, com muito suor, conseguiram dar uma vida digna para todos eles? Por que essa loucura de ter o melhor carro, a melhor casa e as melhores viagens?
É de assustar como em tão pouco tempo, as prioridades e virtudes foram trocadas de uma forma tão violenta. Antigamente a gente via aquela foto de nossos pais,tios, na praia, com uma sunga de envergonhar qualquer um. Levávamos lanche de casa, pq não tínhamos dinheiro. Os adultos riam e as crianças faziam uma algazarra. Tínhamos pouco dinheiro, mas havia ternura entre nós. Éramos felizes. Não importava o local do passeio, mas a alegria da aventura. Hoje vemos a família toda fazendo um tour pela Europa, mas com celular na mão o tempo todo. Todos sempre preocupados em registrar em fotos o momento, em vez de aproveitar de verdade. A cada dia vemos a ideia de família sendo esquecida e entrando a ideia de indivíduo. As vezes a gente escreve esses "textões" aqui para desabafar, mas acho que hoje não é um desabafo e sim um grito de ajuda. Por medo de que algo tão horrível aconteça com algum conhecido, com algum familiar. Vamos dar um tempo para nós mesmos, desacelerar o corpo e alma. A vida é mais que dinheiro. A vida são os breves momentos que passamos com quem amamos. E o resto é só resto. Vejam a mensagem de uma Campanha publicitária do Citibank espalhada pela cidade de São Paulo através de Outdoors:
"Crie filhos em vez de herdeiros".
"Dinheiro só chama dinheiro, não chama para um cineminha, nem para tomar um sorvete."
"Não deixe que o trabalho sobre sua mesa tampe a vista da janela."
"Não é justo fazer declarações anuais ao Fisco e nenhuma para quem você ama."
"Para cada almoço de negócios, faça um jantar à luz de velas."
"Por que as semanas demoram tanto e os anos passam tão rapidinho?"
"Quantas reuniões foram mesmo esta semana? Reúna os amigos."
"Trabalhe, trabalhe, trabalhe. Mas não se esqueça, vírgulas significam pausas..."
"...e quem sabe assim você seja promovido a melhor ( amigo / pai / mãe / filho / filha / namorada / namorado / marido / esposa / irmão / irmã.. etc.) do mundo!"
"Você pode dar uma festa sem dinheiro. Mas não sem amigos."
" Precisamos deixar filhos melhores para o mundo e não um mundo melhor para nossos filhos"
E para terminar: 
"Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim, ele saberá o valor das coisas e não o seu preço."

 

 

20 - Desilusão profissional: 26 de Outubro 2016

John Lennon

Como de fala aqui no interior paulista...é de lascar o coco!!!

E como tem.

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk duro!

Verdade! Me nego sequer pronunciar este horror.

 muito bom!!!1kkkk

Verdade!! É de matar!! Kkkk