MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM MMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

Hey Jude - Paul McCartney, Eric Clapton, Sting, Mark Knopfler, Elton John - Music for Montserrat It's only Rock and Roll, but I like it ( Rolling Stones ). WWW.ROLLINGONLYROCK.COM.BR

Brasil; meio que contra todas as previsões progressistas que ouço. Duvido de quem está na quinquagésima quarta posição do ranking mundial da qualidade de ensino; atrás até do Afeganistão

Não sei o porquê, mas que é, é!

Carreira X Maternidade: existe momento certo para ter filho? - Tempo de ser mãe
dinheiro.br.msn.com

Trabalham 8 horas ou mais e, nas horas que seriam de descanço, as coisas podem ainda piorar. Claro que depende do filho, mas tenho visto muitas crianças 'enlouquecedoras de pais' nas minhas consultas. Ás vezes, ainda administram o lar e suas atividades. Sem falar nas intercorrências que, caprichosamente, não raro teimam em ser diárias. Não sei como as mulheres de hoje conseguem suportar a multi-ação. São heróicas.

Sempre anotei todos 'por fazeres'. Não dando vencimento, comecei a observar que, no passar dos dias, quase 80% das coisas deixavam de ser necessárias; por circunstâncias novas que se apresentavam. Acabei chegando à conclusão pessoal de que ...'Não faça hoje o que pode ser deixado para amanhã'... ; já que, talvez, não precise fazer. Mas acho que não serve para muitos, sob risco de virar procrastinação.

Também espero.

Carreira, lideranca, dinheiro, calculadora, curriculum, chefe, mba, melhores empresas, melhores mbas
vocesa.abril.com.br

Isto inclui álcool e drogas.

Consumismo reflete dificuldades em fazer escolhas a longo prazo
www.minhavida.com.br

Hidroclorotiazida é um diurético barato...

Ricardo comentou seu próprio status. E faltou o complemento. Há 2 maneiras de uma pessoa se destacar. Uma é ser bom no que faz. Maneira eficiente. A outra, é puxando os outros para baixo, tentando emergir. Claro que a primeira é mais difícil, mas a segunda é ineficiente.

Consumismo reflete dificuldades em fazer escolhas a longo prazo
www.minhavida.com.br

Hidroclorotiazida é um diurético barato...

Não esquecer do pisca-alerta, que parece ter virado 'artigo opcional' nos carros.

Você sabe controlar o mau humor? | Minha Vida
www.minhavida.com.br

Seguindo à risca os trechos abaixo, até 'Como ser um peixe fora d'água dentro de casa'; você é pós-graduado em ser portador de mau-humor. Ou perto disto.
Você é incapaz de relaxar ou tem medo de férias?
www.minhavida.com.br

Acreditem. Um amigo meu interrompeu suas férias em Cancun pois não sabia o que fazer lá!

Conheça dez sinais de alerta para a baixa imunidade
www.minhavida.com.br

E, para completar, entre várias outras causas de 'Baixa Imunidade', está, de novo, o ESTRESSE ruim, ou DISTRESSE

Consumismo reflete dificuldades em fazer escolhas a longo prazo
www.minhavida.com.br

Salvo pessoas muito ricas, há de se planejar com antecedência, os rendimentos da velhice, dita terceira idade. E, em gastanças, isto vai ficando sempre para depois; e quando, o depois chega, não sobra nem para comprar a Hidroclorotiazida

Consumismo reflete dificuldades em fazer escolhas a longo prazo
www.minhavida.com.br

Salvo pessoas muito ricas, há de se planejar com antecedência, os rendimentos da velhice, dita terceira idade. E, em gastanças, isto vai ficando sempre para depois; e quando, o depois chega, não sobra nem para comprar a Hidroclorotiazida. - ?'O CONSUMISMO' (3 PRIMEIROS TRECHOS), PODERIA SER A EXPLICAÇÃO DO 'SER WORKAHOLIC'(3 TRECHOS SEGUINTES); E, NA SEQUÊNCIA LÓGICA, A CAUSA DO 'SER UM PEIXE FORA D' ÁGUA EM CASA(TEXTO SÉTIMO)
Apego a bens materiais sinaliza autoestima em baixa | Minha Vida
www.minhavida.com.br

Talvez, pelo consumo, tenta-se ser o que não se é. Talvez
Pressão social pode levar ao consumismo exacerbado
www.minhavida.com.br

Saber resistir ao tsunami do senso comum em consumir, pode representar um enfrentamento à resistência social. Mas que isto não signifique um problema, mas sim, uma circunstância.

Você é workaholic? | Minha Vida
www.minhavida.com.br

Muito interessante.

peixe-fora-dágua-na-empresa
dinheiro.br.msn.com

No ano passado, o inverno foi muito rigoroso e ainda havia grande quantidade de enxofre no ar pelo vulcão no Chile. Fiquei atordoado de tanta gente que vinha consultar. Naquele período, fiquei meio alheio às coisas de casa. Foi uma experiência doméstica muito ruim. Estava um peixe fora d'água na própria casa. Até minhas filhas perguntavam onde eu estava com a cabeça. Não vale a pena.

Você é um Workaholic?
www.spiner.com.br

Sugiro 4 textos no site a seguir: 'www.carreiras.empregos.com.br Você é um workaholic?; 3- Trabalhar muito não significa trabalhar melhor.; 4- Como descobrir o mundo fora do escritório.

peixe-fora-dágua-na-empresa
dinheiro.br.msn.com

E em casa?

Carreira, lideranca, dinheiro, calculadora, curriculum, chefe, mba, melhores empresas, melhores mbas
vocesa.abril.com.br

Alguns profissionais saem de casa às 6hs (quando os filhos ainda dormem) e voltam às 22hs (quando já estão dormindo de novo). Salvo casos de necessidade, por ser financeiramente carente; parece não ser surpresa se a adolesceência dos filhos vier a se apresentar complicada; embora possa ser também com pais muito zelosos. - Isto inclui álcool e drogas.

Você é um Workaholic?
www.spiner.com.br

Frase, meio piegas, era dita por um primo meu. E hoje, 25 anos depois, vejo que ele tinha razão: 'Nenhum sucesso compensa o fracasso no lar'. O texto anexo é bem escrito.

Carreira, lideranca, dinheiro, calculadora, curriculum, chefe, mba, melhores empresas, melhores mbas
vocesa.abril.com.br

O assunto 'workaholic' tem tudo a ver com 'ser um peixe fora dágua dentro de casa'; conforme visto abaixo. Daí, um teste.

http://dinheiro.br.msn.com
dinheiro.br.msn.com

No ano passado, o inverno foi muito rigoroso e ainda havia grande quantidade de enxofre no ar pelo vulcão no Chile. Fiquei atordoado de tanta gente que vinha consultar. Naquele período, fiquei meio alheio às coisas de casa. Foi uma experiência doméstica muito ruim. Estava um peixe fora d'água na própria casa. Até minhas filhas perguntavam onde eu estava com a cabeça. Não vale a pena.

Ricardo comentou seu próprio status Comprei um livro, há muito, e que na época tinha capa verde. Mais ou menos assim: 'Como decifrar e lidar com pessoas difíceis'. Vários amigos meus compraram para lidar comigo...

Jovens, apaixonados e dividindo tudo, inclusive a senha
nytsyn.br.msn.com

Na prática, nem eu me interesso em saber as senhas dela, nem ela as minhas. Se perguntar eu digo. Mas nunca perguntou - Com esposa tudo bem. Com namorada, titubearia um tanto..

Inveja e pessimismo - Ricardo comentou seu próprio status. São pessoas que tendem a te botar para baixo, tentando dar uma ducha de água fria nos teus planos; inclusive realçando teus 'fracassos' lá de um passado que você nem lembra mais. E, destruir, é infinitamente mais fácil que construir. Não requer nem criatividade. Sei de empresário que se recusa a sentar em mesa de reuniões, onde haja sequer um pessimista.

Forget global warming - it's Cycle 25 we need to worry about (and if NASA scientists are right the
www.dailymail.co.uk

Escrevi no link que o chefe das expedições à Antártida consulta comigo eventualmente. Jéferson Simões. Professor acho que da UFRGS. E neste fim de semana estava a foto dele no jornal, a -40 graus. Desta forma, logo logo, voltará com sinusite. Então sondarei a opinião dele. Isto aumentaria minha demanda como Otorrino. Com esta bobagem à parte, concluo: excelente reportagem. Cade o aquecimento global?!?

Acabo de ouvir na CBN, pelo Max Gheringer, sobre o 'CAÇADOR DE ERROS'. São pessoas perfeccionistas que se afetam demais com seus próprios erros e impotências. Assim, procuram nos outros os erros para se sentirem 'na média'.
é o famoso 'estou dizendo isto para o teu bem'... O que pode até resultar mesmo em bem. Isto acontece nas empresas, entre 'amigos' , famílias, etc. E acrescenta que, faz parte do Ser Humano afetar-se com seus erros, por menor que sejam. Se temos 99% de acertos e 1% de erro; e vem esta mala nos apontar o 1%, estraga nosso dia, pois desencadeia em nós mesmos, como que uma auto-decepão e auto-raiva. E completa. As pessoas de sucesso que conhece, costumam reconhecer seus próprios erros, por maturidade. E, por maturidade, acabam desarmando os malignos cri-cris invejosos e matreiros, caçadores de erros. Até por que, ficam sem ter o que caçar. Nada mais frustrante para estes que, jamais reconheceriam seus próprios erros, assim, não tendo como deixar de ser caçador de erros. Em contra partida; seria interessante também um caçador de acertos. Existem!

Tenho colegas de faculdade que, aos 48, simplesmente aparentam 65. E, o pior, é que pensam o mesmo de mim. Mas isto eu não vou dizer. Também(!), saem de casa às 6 e voltam às 22hs! Gastam toda saúde atrás de dinheiro e depois todo dinheiro atrás da saúde. Mas, além disto, pesa muito a responsabilidade e o estresse da preocupação com aqueles casos complexos que nos tiram o sono..

Como driblar as diferenças e manter o relacionamento? - Artigos - Msn Encontros
msnencontros.parperfeito.com.br

Seria a maior constatação de tolerância a manutenção de um relacionamento? Pelo menos para mim, o casamento é, antes de tudo, TOLERÂNCIA. De uma certa forma, todo mundo é chato. Assim como eu tenho que aguentar a chatice de minha esposa, ela tem que aguentar as minhas. Ou será que você não se acha chato?

Excelente. - Sem comentários.

Como driblar as diferenças e manter o relacionamento? - Artigos - Msn Encontros

Já as injustiças, causariam irritabilidade maior e parece que, nestes casos, um protesto se impõe. Tentarei 2 exemplos.

Assim, chatices seriam observações ou atos que causam leves irritações; e que, não fosse por isto, seriam risível. Melhor relevar.

Exemplo 2> você entra numa cafeteria em Bueno Aires com 'espírito de happy hour' e outro diz: 'vê se toma este café de uma vez para irmos embora'. Talvez seja de dizer que o café está muito quente ou, de novo, nada dizer.

Exemplo 1> vindo pela free-way, no pedágio: 'Por que você escolheu esta guarita se naquela outra tinha 2 carros a menos'? Talvez seja de dizer que o sol atrapalhou a visão ou nada dizer; deixar por isto.

Amigo perguntou o que quis dizer com chatices. Vou tentar 2 exemplos que me ocorreram e, depois ainda, tentar diferenciar de injustiça e ofensa. Incluindo, suposições sobre graus de tolerâncias e suas frequências.

Como driblar as diferenças e manter o relacionamento? - Artigos - Msn Encontros

Mas também não deixar passar todas as chatices, pois senão, teus filhos te tomarão por 'banana'. Não é nada fácil este 'slakeline'.

Para a TOLERÂNCIA poder ser 'tolerante', as chatices podem ser cotidianas; as injustiças, raras; e as ofensas, próximas ao nunca.

E, num grau de gravidade máximo, parece que estão as ofensas; desnecessárias exemplificar, até por motivos de deselegância em escritas no Facebook.

Segundo exemplo de injustiça. Você prefere colocar seu filho no colégio com 7 anos, para maior maturidade. Voto teimosamente vencido, a criança entra com 6. No quarto ano, a criança começa a raterar pois está com sinais de imaturidade. É então que o teimoso diz:'eu não te disse que deveríamos ter esperado mais 1 ano'?

Você constrói um prédio e, após muito esforço, conclui. O outro, que criticou a construção, faz a parte final medinte arquiteto; maquiando com gesso, iluminação e porcelanato. Aí diz: 'construímos meio à meio'!

Ricardo comentou seu próprio link. Amigo perguntou o que quis dizer com chatices. Vou tentar 2 exemplos que me ocorreram e, depois ainda, tentar diferenciar de injustiça e ofensa. Incluindo, suposições sobre graus de tolerâncias e suas frequências.

Ricardo comentou seu próprio link Exemplo 2> você entra numa cafeteria em Bueno Aires com 'espírito de happy hour' e outro diz: 'vê se toma este café de uma vez para irmos embora'. Talvez seja de dizer que o café está muito quente ou, de novo, nada dizer.

Você constrói um prédio e, após muito esforço, conclui. O outro, que criticou a construção, faz a parte final

E, num grau de gravidade máximo, parece que estão as ofensas; desnecessárias exemplificar, até por motivos de deselegância em escritas no Facebook medinte arquiteto; maquiando com gesso, iluminação e porcelanato. Aí diz: 'construímos meio à meio'!

Mas também não deixar passar todas as chatices, pois senão, teus filhos te tomarão por 'banana'. Não é nada fácil este 'slakeline'.

Ricardo comentou seu próprio link Exemplo 1> vindo pela free-way, no pedágio: 'Por que você escolheu esta guarita se naquela outra tinha 2 carros a menos'? Talvez seja de dizer que o sol atrapalhou a visão ou nada dizer; deixar por isto.

Ricardo comentou seu próprio link Assim, chatices seriam observações ou atos que causam leves irritações; e que, não fosse por isto, seriam risível. Melhor relevar.

Já as injustiças, causariam irritabilidade maior e parece que, nestes casos, um protesto se impõe. Tentarei 2 exemplos.

Segundo exemplo de injustiça. Você prefere colocar seu filho no colégio com 7 anos, para maior maturidade. Voto teimosamente vencido, a criança entra com 6. No quarto ano, a criança começa a raterar pois está com sinais de imaturidade. É então que o teimoso diz:'eu não te disse que deveríamos ter esperado mais 1 ano'?

New Thinkers Index
newthinking.br.msn.com

Distúrbios e Transtornos comportamentais: 'De perto, ninguém é normal'! Seria assim mesmo?

Este teste, é sobre forma de pensar. Mas se, o pano de fundo é sua genética e primórdios psíquicos, talvez eles possam refletir em sua forma de pensar. Assim, no sentido inverso, pela sua forma de pensar, poderíamos deduzir sua genética e seus primórdios psíquicos?

Quem lembra?

Você abre mão de seus pontos de vista?
entretenimento.br.msn.com

Aquele que pensa sempre da mesma forma, e ainda pior, assim achando que está sempre certo, beira uma mula. Já que não nascemos sabendo, temos que estar alerta por premissas que nos permitam uma análise mais completa das circunstâncias. E, se a conclusão é um ponto de vista melhor que o que tinha até então, por que não mudar? 'Prefiro ser esta metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo'... (Raul Seixas). No entanto, quando você se depara com estas antas, acho ser melhor se fazer de bobo, e sair de lado, feito carangueijo, para não perder seu tempo, e ainda evitar irritações desnecessárias, que em nada mudarão o raciocínio(?) do tolo.

http://entretenimento.br.msn.com/
Astrologia à parte, da qual nada sei; ouvi ou li algo em torno de 'rico é aquele que sabe viver suficientemente bem com o que tem, e, até mais do que isto, suficientemente feliz com seus recursos'. Já a inveja, me parece fazer parte da Natureza humana, e força motriz de querer melhorar. Não canalizando à destruição, mas sim como estímulo para melhorar, é construtiva. Quem não tem inveja, estaria com a vida cinzenta?

Maus-tratos animais - Manifestação contra maus-tratos a animais estadao.br.msn.com

Desnecessário registrar apoio.

Você é feliz? | Minha Vida
www.minhavida.com.br

Antes eu precisaria saber o que se considera felicidade. Muitas são as teorias. Descontentamento contínuo, mas não limitante, seria classificado como? Pergunto pois minha mãe sempre dizia que sou um 'eterno insatisfeito'!...

Roger Waters - The Wall
entretenimento.br.msn.com

Me remeteram: Rock é atemporal. Tomara.

Ministério das Comunicações pode tirar BBB 12 do ar entretenimento.br.msn.com
Neste caso, não se trata de sensura repressiva/abusiva, mas de sensura coibitiva da anarquia que está tomando conta de certas emissoras. Como diria minha mãe: 'liberdade sim, libertinagem não'. Tinha tudo para, mais cedo ou mais tarde, acabar em, no mínimo, confusão e polêmica.

The American Speech-Language-Hearing Association
Hoje atendi criança com dislalia (troca certas letra ao falar). A dislexia é mais complexa, pois compromente a linguagem de forma mais ampla. E, a maior preocupação desta mãe é o 'bullying', já que tem 5 anos e teme que venha a ser motivo de chacota na escolinha. Disse a ela que minhas orelhas de abano quando criança, causaram-me sérios problemas, mas me lembrei disto apenas hoje, após 40 anos, por ela ter trazido o assunto. 'Bullying' sempre existiu, existe e sempre existirá. De uma certa forma, assim como pode arranhar a auto-estima; pode reforçar, por auto-confiança, por aprendizado de que ninguém é perfeito. Bem elaborado na cabeça da criança, a grande tendência é superar o efeito psíquico da dislalia. Mas nunca subestimar nada.

Brasil, Europa e EUA: como a crise financeira afetou a estrutura familiar
dinheiro.br.msn.com

A dinâmica familiar, parece ser fomentada de forma multi-fatorial. Os fatores afetivos, ambientais e culturais/étnicos; sempre foram bem comentados. Mas, pelo que vejo neste artigo, parece que, hoje em dia, o fator financeiro adquiriu preponderância, está falando mais alto que, os até aqui, fatores tradicionais. Tem dinheiro, vai; não tem, fica! Mas não julgaria isto como 'comportamento interesseiro'. Como diria aquele 'velho deitado chinês': 'Eu sou eu e minhas circunstâncias'

Brasil, Europa e EUA: como a crise financeira afetou a estrutura familiar
dinheiro.br.msn.com

Naturalizado.

Turista brasileiro gasta 32% mais no exterior
estadao.br.msn.com

O mesmo Economista que, no rádio, comentou estar o consumo na Europa tendendo a baixar 30% (ratificando a gravidade da crise econômica mundial), no desfecho, sugeriu que os brasileiros começassem a pensar melhor o que fazer com seu dinheiro daqui por diante. O Brasil ainda está um pouco tangente à crise, mas o mundo continua redondo e globalizado

Brasil, Europa e EUA: como a crise financeira afetou a estrutura familiar
dinheiro.br.msn.com

Ouvi agora, um professor de Economia referir que a crise mundial vai se agravar. Inclusive, prevê diminuição do consumo na Europa em 30%. Se isto generalizar, e, tendo em vista o artigo acima, talvez as famílias cresçam à clãs. Estaríamos recuando 7 mil anos...'Velho deitado chinês' > CONFÚCIO.

Lançamentos de 2012 - Confira os principais lançamentos tecnológicos de 2012
estadao.br.msn.com

E assim, vou ficando cada vez mais perdido; cada vez mais analfabeto-virtual. Minha filha de 4 anos, já sabe mais que eu...

The American Speech-Language-Hearing Association
?'Distúrbio e Transtornos dos Sensórios' são comuns em crianças e, cada vez mais comuns em idosos. Visão, audição, olfato, gustação e tato são eles. E, os órgãos dos sentidos: olhos, ouvidos, nariz, língua e pele. Até aí, qualquer ensino fundamental vai. Já o estudo destes processamentos cerebrais, são um universo sem fim de conhecimentos. Refiro-me, em especial, aos 'Distúrbios e Transtornos da Linguagem': fala, escrita e leitura. Tudo muito multi-fatorial. E, não raro, trazem como 'herança', 'Distúrbios e Transtornos do Aprendizado'. E, como bem diz-se popularmente, comunicação é tudo...

Veja mais no meu site 'WWW.CLINICABINGREIS.COM.BR'

Roger Waters - The Wall
entretenimento.br.msn.com

Como aficcionado em Rock, ocorreu-me semana passada que ,os componentes das grandes bandas dos anos 60, 70, 80 estão muito envelhecidos. Estão na casa dos 70 anos. Digamos, em tese, que , em 15 anos, morram quase todos. O que será do Rock? Já nos anos 90 ele entrou na UTI e de 2000 para cá, muito pouco surgiu. Diria que há 20 anos o Rock está 'em ritmo agonizante'. Ainda surge algo como The Killers e The Strokes; mas nada que se compare à Gênesis, Yes, Rush, Supertramp, Pink Floyd, Rolling Stones, Beatles, Queen, Rod Stewart, Fleetwood Mac, The Police, Billy Idol, Elton John, Outfields, New Order, INXS, AC/DC, Man at Work, B'52, Talking Heads, The Smith, The Cars, David Bowie, Steve Winwood, Peter Framptom, The Cult, The Cure, Tears for Fears, Midnight Oil, Fine Young and Cannibals; e vários outros, que constituíram uma verdadeira avalanche de criatividade desde Elvis até 1990. Acho que nunca mais, nada parecido acontecerá na música. Quem viu e viveu, nunca esquecerá. Quem não, tem que se contentar com estas 'Ai, se eu te pego'... VISITE MEU SITE 'WWW.ROLLINGONLYROCK.COM.BR'

 

Perdeu o emprego? Veja como evitar dívidas até conseguir uma recolocação - Como segurar as contas at
dinheiro.br.msn.com

Esta situação, não rara, é, para mim, uma das maiores crises emocionais pela qual uma pessoa pode passar. Claro que existem múltiplos exemplos de situações bem mais complexas, mas isto não anula a gravidade daquela. Mais que ansiogênica, pode ser angustiante e, mais ainda que angustiante, pode chegar ao grau de extremo desconforto, qual seja, a aflição. Por isto talvez, cada vez mais devamos, na formação do ensino fundamental/médio/superior, estimular o empreendedorismo, apesar de todas suas limitações e dificuldades também aqui.

Mas temos os radicais. Malucos, que pregam que as guerras são necessárias para 'ativar a economia e o mundo andar'! Ou seria desandar? - Muito bem pensado. Não fosse o DESCONTENTAMENTO, sair e lutar pela vida por que? Trocaríamos o DESCONTENTAMENTO pelo tédio, que, ao fim, é a mesma coisa. E, já que teríamos que trocar algo pelo mesmo algo, vamos 'à luta' procurar algo diferente. Eu diria, uma diferente forma de sobrevivência. Afinal, a função de todo corpo humano não seria levar o cérebro para passear? Até porque, em tempos anteriores, quando inexistia aposentadoria, o TÉDIO era a linha reta para miséria, doença e morte certa. Talvez por isto, Dante Alighieri classificou a PREGUIÇA como um dos pecados capitais. E, esta INSATISFAÇÃO que nos dá a sensação 'algo tem que ser feito' é justo a força motriz anti-tédio, anti-preguiça. Minha mãe sempre me dizia que sou um 'ETERNO DESCONTENTE'. Hoje, percebo que isto não é ruim. Mas que ela tinha razão, tinha.

Casamento infeliz, terminar ou continuar traindo? - Perguntas e respostas - Dúvidas sobre relacionam
msnencontros.parperfeito.com.br

Qundo era adolescente, ouvi uma frase curiosa:...'quando o homem diz que não quer mais o relacionamento, é porque simplesmente não o quer mais. Quando a mulher diz que não quer mais um relacionamento, é porque já tem outro'. Se esta frase fosse verdadeira, talvez se justificasse por uma mais frequente insegurança entre mulheres que homens. Prefeririam estas inseguras, garantir 'um novo relacionamento' antes de desfazer o correnete. Acho que as coisas não são assim. Caso o casamento esteja muito debilitado, eu sugeriria terapia de casal/família, que tem resultados muito bons. Se não para ajustar o relacionamento em continuação; pelo menos para que a separação, caso inevitável, seja elaborada, visando ser mais adequada e menos traumática possível. Não esqueçamos NUNCA de como ficarão os filhos, se tiverem. Quanto à traição, acho desnecessária e conduta imatura. Primeiro resolva sua vida domiciliar. Depois sim, siga sua vida da forma como quiser. É mais digno e tranquilo. Andar por aí se escondendo, sentindo culpa, sentimentos de vingança, dupla vida, expondo os filhos/marido e coisas do gênero, só fazem aumentar seu estresse e suas angústias. Uma coisa de cada vez.

SERIA A FORÇA-MOTRIZ PARA A INÉRCIA. CASO SIM, MOVE EU, VOCÊ E O MUNDO... OU POR OUTRA: 'MESMO QUE O SOFRIMENTO SEJA PARA SEMPRE, NUNCA DESISITIR DE LUTAR'. - EU - Acho que vale para tudo: casamento, paternidade ascendente e descendente, irmandade, trabalho, finanças, férias, viagens, estudos, previdência, saúde, educção, ensino, aprendizado, hobby, paixões clubísticas/políticas/culturais, competitividade, voluntariado; e, claro, dentista. OU POR OUTRA: 'MESMO QUE O SOFRIMENTO SEJA PARA SEMPRE, NUNCA DESISITIR DE LUTAR'. - EU -

Especialmente importante no trato com as crianças. Elas são muito ligadas. Acredito que aprende mais com o que vivenciam na observação em contatos com os pais ou próximos; do que ouvem ou lêem (sem sub-estimar estes). Assim, o 'faça o que eu digo mas não faça o que eu faço', com as crianças, não cola. Dizer à ela que fumar faz mal, fumando, é dupla mensagem onde a que presencia será a mais forte. E um 'seja paciente' aos gritos do solicitante, também não.

ClickCarreira · Ficar bem · Com pique para recomeçar
msn.clickcarreira.com.br

Viu só? Ia, por tua sugestão, fazer aquele cruzeiro lá de cima que afundou!...

Ricardo comentou seu próprio link. Káthia, com certeza, pais suficientemente bons. Perfeccionistas precisam rever seus conceitos. E, para ser pai/mãe suficientemente bons, primeiro precisam ter convivência suficientemente satisfatória, para o elaboradíssimo trabalho de educação. No discurso do Steven Jobs em Stanford, após dizer muitas coisas especiais, fez um 'mea culpa' dizendo que gostaria que os filhos dele entendesse suas ausências em casa. Ao que repriso uma frase de meu primo: 'nenhum sucesso compensa o fracasso no lar'. De maneira alguma estou dizendo que ele, Stevven Jobs, foi um fracassado no lar. Não sei isto. Mas li em revista, ainda esta semana, em artigo de especialista em consultorias empresariais, que, em sua pesquisa para fazer seu livro, perguntou à centenas de empresários quais os segredos dos seus sucessos financeiros. E, depois, qual o 'senão'. E quase todos citaram como 'senão', não terem visto seus filhos crescerem. Aí já é tarde. A chance é única. Fez, ótimo. Requinte. Não fez, não fará mais. Apenas retificar será possível. Recurso. Não bastasse, perdem a saúde correndo atrás do dinheiro e, depois, gastam o dinheiro correndo atrás da saúde. Vale a pena? Mas os empreendedores são fundamentais para a sociedade. Talvez há de se podar os excessos nos worhaholics.

.Muito boa esta da programação televisiva. Inclusive os noticiários parecem 'maquiados'. Então, recomendaria a Rádio 'CBN-Central Brasileira de Notícias'; no AM 1.340 .

Meu cunhado estava a preparar um pratão de salada de verduras e legumes. Todo 'vida saudável'. Não por ser o 'desmancha prazer', mas em compromissso com a lógica, perguntei-lhe: 'Este teu prato faz mais bem que mal'? Ao que, surpreso, me devolveu: 'Como assim'? Completei: já imaginaste a quantidade de agrotóxicos que tem nestes legumes e verduras? Em especial neste alface que parece uma folha de p...apel de seda verde de tão fino... Já imaginou os agrotóxicos nestas 2 faces embebidas? O mesmo vale para frutas. Quem garante que não ultrapassam até a casca por embebição/osmose? E sabemos que, vários agrotóxicos já foram condenados por serem, em verdade, mais 'venenos' que 'mocinhos'. Causariam, dentre outras coisas, câncer de fígado. E agora? Não estou fazendo a apologia do pânico. Também convivo com este dilema. Comer ou não comer? That's is the question. Acabo comendo, mas sem saber se o bem ou o mal; como uma maçã envenenada da bruxa para a Branca de Neve. Não que me considere parecido com ela, Branca de Neve. Bruxa, talvez. E ingiro eu, esposa, filhas. Pior as filhas, que podem viver ainda 100 anos, por terem 4 e 9. Acho que as coisas vão melhorar, mas não sem antes piorar. Orgânicos serão, ou já são, a solução? Seriam os chamados alimentos 'industrializados', hoje, 'menos péssimos' que os 'naturais'? Admirável mundo novo.Como diria minha avó: 'isto tudo já nada não sei'!...Ver mais

Cruzeiro com mais de 4.000 a bordo naufraga na Itália
noticias.br.msn.com

Depois que quebrou a Pan-Am e derubaram o Mike Tyson, nada mais neste mundo me surpreeende. Tudo é possível. No final da tarde, o sargento Garcia pegou o Zorro pelo pescoço e deu uma gravata. Ouvi na BBC-News. - Incrível repetir-se 'Titanic', ainda uma vez, quase 100 anos depois!

http://www.minhavida.com.br/ Rasgue esta lista de metas. Vá fazendo tudo que for possível, dentro das circunstâncias, tal forem se apresentando. Exija apenas dar-se tempo livre para fazer as coisas que gosta. E, para distrair-se, você não precisa de um conversível como este aí da foto. Se precisas, reveja sua situação psico-mental. Mas é claro, cumpra suas funções laborais, pois a sensação do dever cumprido é básico. 2012 nada mais é que o décimo de segundo posterior após o último de 2011. Faça de sua vida uma continuidade, apenas aprendendo com os erros, ou seja, amadurecendo. Mas cuidado, maduro demais cai do galho e apodrece...

Médicos Sem Fronteiras
WWW.MSF.ORG.BR

Li, não sei aonde, comentário de alguém 'sobre ser vergonhoso' pessoas alimentarem animais de estimação, enquanto crianças passam fome. Não sejamos excludentes. Pode-se, ambos, tratar bem os animais e socorrer os Seres Humanos carentes. Nada como ser o mais completo possível. Não se trata de beneficiar animais em detrimento de pessoas. Cuidar bem dos animais + Cuidar bem das pessoas. Tão simples quanto '1+1 é 2'. ISTO SIM É ALTRUÍSMO ALTAMENTE PRODUCENTE.

 

Animais maltratados - Cão sobrevive depois de levar tiro na cabeça
estadao.br.msn.com

Animais - Animais - A galeria de fotos do Estadão está no MSN
Pedofilia, maus tratos à criança, maus tratos ao idoso, maus tratos aos animais. São o ápice da covardia. Assim, se isto não é a 'encarnação de Lúcifer', o que seria? - Belo exemplo. Há 3 dias morreu minha dashund/salsicha de 15 anos. A próxima será um cão de rua. Garnde abraço.
Caso estas adoções de SRD se tornem rotineiras, deixaremos de ter animais de rua, em detrimento de uma menor 'produção' de animais de raça. Para quê produzir o que já temos por aí abandonado? Apenas para ser mais bonito, mais forte ou mais chique? Então compre um ROLEX legítimo e adote um SRD.
Ciúme sinaliza baixa autoestima e pode detonar relacionamentos | Minha Vida em minhavida.com.br. Minha experiência com ciúmes é muito peculiar. Era o tal 'ciúme doentil', ou seja, não havia nas mulheres justificativa para ele. Foi então que, pesquisando exaustivamente na obra de Freud, no vigésimo quarto volume, que achei: ...'ciúme projetivo é aquele em que você tem vontade de trair, mas projeta no outro'... Foi aí que percebi, em verdade, que a vontade de trair estava dentro de mim. Não q...ue atuasse a traição frente às minhas namoradas, mas tenho consciência que, por esta limitação minha, prejudiquei psicologicamente algumas mulheres, por conta desta tortura que é o ciúme. E, acreditem, o ciúmes traz ainda mais danos ao portador que ao vetor. Ao elaborar esta informação, como que por mágica, instantâneamente nunca mais senti qualquer ciúmes. Penso que o amor verdadeiro está construído sobre a confiança. Não discordo de quem diz ser até saudável uma 'pontinha de ciúmes'. Mas que não seja mais que zêlo! Tal descoberta viabilizou casar-me, no momento adequado. Superar rejeição amorosa equivale a vencer um vício, diz estudo em minhavida.com.br. A paixão é como que uma psicose. Ficamos enebriados em nós mesmos, achando, tolamente, que é pelo outro. Talvez por isto memsmo a sabedoria popular refere que o amor é cego, surdo e burro. Na verdade, troquemos aquela palavra amor por paixão. Amor é diferente. Enquanto a paixão é egoísta, o amor é altruísta. Enquanto na paixão 'não posso mais viver sem mim', projetado no outro; no amor temos a tol...erância, a realidade. Agora, isto posto, pode parecer estar a paixão em opsição semântica com amor. E talvez seja assim mesmo; mas não se pode negar que o amor pode ser o 'filho bom' da paixão. Passada esta fase de 'loucura' chamada paixão, o que resta pode ser o nada, pode ser algo suficiente para ambos. Se assim for, que se desenvolva à categoria de amor. Amor é para pessoas em maturidade. A paixão atesta um pouco à imaturidade, embora não seja necessariamente ruim. Já a paixão própria é a arrogância, o amor-próprio, a sensatez do saber de seus limites, geralmente logo ali.

ClickCarreira · Ficar bem · Com pique para recomeçar
msn.clickcarreira.com.br

Precisa mesmo?

Certa feita li que são necessárias 4 semanas de férias. A primeira para desacelerar.
A segunda e terceira para de fato descançar. E a quarta, para retomar uma certa a-
celeração preparatória para o retorno. seria a expectativa da volta a força motriz dis-
to. Por outro lado, já li que férias é, pos si só, estressante, desde sua preparação.
E o extremo: 'ferias é o processo onde os cançados ficam exaustos'. Eu tenho para
mim que, se há necessidade de férias, o cotidiano laboral está errado. Está com ex-
cessos de metas, sobrecarga de agenda; ou seja, trabalhando sob pressão. Por ex-
periência posso dizer que, se é assim, 8 horas de trabalho no retorno já bastam pa-
ra te recolocar no 'status cansatus'/'burn out' em que estava antes das férias. Minha
sugestão? Mudar forma de trabalhar. Como? Não sei.

ClickCarreira · Ficar bem · Com pique para recomeçar
msn.clickcarreira.com.br

Depois da comilança do Natal, das festas de Ano Novo e de uma temporada de puro ócio, chega o momento de voltar ao trabalho. Aí rola um desânimo e nos primeiros dias é difícil pegar no tranco, não é mesmo? Mas saiba que isso é normal e acontece com a.Certa feita li que são necessárias 4 semanas de férias. A primeira para desacelerar.
A segunda e terceira para de fato descançar. E a quarta, para retomar uma certa a-
celeração preparatória para o retorno. seria a expectativa da volta a força motriz dis-
to.

continuação -

Por outro lado, já li que férias é, pos si só, estressante, desde sua preparação.
E o extremo: 'ferias é o processo onde os cançados ficam e...xaustos'. Eu tenho para
mim que, se há necessidade de férias, o cotidiano laboral está errado. Está com ex-
cessos de metas, sobrecarga de agenda; ou seja, trabalhando sob pressão. Por ex-
periência posso dizer que, se é assim, 8 horas de trabalho no retorno já bastam pa-
ra te recolocar no 'status cansatus'/'burn out' em que estava antes das férias. Minha
sugestão? Mudar forma de trabalhar. Como? Não sei.

Você cumpre as promessas feitas no ano novo? | Minha Vida em minhavida.com.br. Rasgue esta lista de metas. Vá fazendo tudo que for possível, dentro das circunstâncias, tal forem se apresentando. Exija apenas dar-se tempo livre para fazer as coisas que gosta. E, para distrair-se, você não precisa de um conversível como este aí da foto. Se precisas, reveja sua situação psico-mental. Mas é claro, cumpra suas funções laborais, pois a sensação do dever cumprido é básico. 2012 nada mais é que o décimo de segundo posterior após o último de 2011. Faça de sua vida uma continuidade, apenas aprendendo com os erros, ou seja, amadurecendo. Mas cuidado, maduro demais cai do galho e apodrece...

Ricardo escreveu na linha do tempo de Wilson Ling. - Wilson, com relação ao texto do 'Estadão': eu e o Cézar há 2 anos estamos pressentindo uma 'bolha', não só imobiliária mas geral. Ouço muito a rádio CBN, ligada à BBC-Brasil e, os comentários por lá, não passam muito longe disto. É isto. Protegendo o Bebê no MSN Vídeo
video.br.msn.com

Rir faz mesmo bem à saúde? | Minha Vida em minhavida.com.br. Se for de si mesmo, com certeza. Se for de algo, provável. Se for de alguém, este seu desprezo pelo outro terá seu preço. O sadismo pode virar contra você mesmo, em auto-sadismo, dito masoquismo.São duas faces de uma mesma moeda. Fofoca, só se boa demais!

http://entretenimento.br.msn.com
Ainda nesta semana que terminou, ouvi no rádio, a entrevista de um Oncologista, falando sobre pacientes que tiveram doença grave, mas não chegaram a morrer. Passaram por período de terminalidade que não se concluiu. Estes, relatavam à ele que, frente a uma proximidade tão íntima com a morte, queriam apenas 'ESTAR VIVOS'. Se, o tratamento traria impotência ou paraplegia, pouco importava perto do querer simplesmente 'ESTAR VIVO'. Portanto, o que sugiro, se é que posso, seria apenas comemorar 'ESTAR VIVO'. Mais no meu site 'OSOFRIMENTO HUMANO E A MORTE.COM.BR'.

http://noticias.br.msn.com crianças catadoras de lixo vence concurso do unicef
noticias.br.msn.com

Quer ajudar? Contribua com 'Médicos Sem Fronteiras'.

http://nytsyn.br.msn.com/
nytsyn.br.msn.com

Certa feita li em algum lugar: "É impossível ser feliz com agenda cheia". Ainda completaria: sob pressão por metas ou auto-metas. A corrida contra o relógio desencadeia irritabilidade, ansiedade, angústia e psicossomatização. É irmã da falta de prazer, do descontentamento; motores da depressão. Mais sobre em 'WWW.OSOFRIMENTO HUMANO EA MORTE.COM.BR'.

Mal que aflige a alma e faz o corpo padecer | Minha Vida em minhavida.com.br.
São as psicossomatizações; que vem de psiquismo>soma/corpo. E, pior, muitas vezes, nos aliamos a este inimigo, nos auto-agredindo por estresse(trabalho sob pressão), tabaco, álcool, gordura, drogas e outras toxinas oxidantes(radicais-livres).

O que é depressão | Minha Vida em minhavida.com.br.
Não esqueçamos das 'Sídromes Silenciosas'; onde doenças estã ocultas ou se manifestam por sinais e/ou sintomas 'mascarados'. E o diagnóstico dependerá de 'grau de desconfiança' do pro- fissional da área da saúde.

13 hábitos garantem o sucesso de qualquer dieta | Minha Vida em minhavida.com.br. Cuidado com esta de 'fechar a boca'. Se você é diabético, pode entrar em coma hipoglicêmico, que é quadro grave.

Não perdemos peso, nos livramos dele. Um professor em meu curso de Medicina, há quase 30 anos, mencionou frase que nunca esqueci: "o gordo é um magro com um saco de cimento nas costas". E o que acontece se você carregar um saco de cimento todos os dias e o dia todo? No mínimo, pressão alta, dores generalizadas e fadiga. Como fazer para se livrar do saco de cimento? Basta um raciocínio tão simples que embaraça pela simplicidade. Comece 'desengordurando-se'. Qualquer criança da pré-escola sabe disto. Mas como fazer? Tire a gordura animal: evite tudo que se faz com a gordura do leite integral quando da sua subtração para fazer o leite desnatado: queijo, requeijão, manteiga, iogurtes integrais, creme de leite, leite condensado (e seus 'possuidores', tal qual doces, tortas, negrinhos, etc). A outra gordura animal muito evidente é a da carne. Não coma aquela borda de gordura e evite aquelas carnes marmorizadas, ou seja, que tem gordura infiltrada por toda ela. Depois, dê uma arrematada evitando o excesso de açúcar, usando adoçantes (pelo menos até que um dia, cientistas venham a dizer serem cancerígenos). E, complete com aquele macete do 'café com leite desnatado'. Não sendo diabético, conseguir pular uma das refeições por dia traz um resultado extraordinário. Quando você chegar no peso desejado, aí comece a 'tentativa e erro' para saber o que pode ser usado sem que o peso volte a aumentar. É um trabalho de auto-conhecimento no 'mundo maravilhoso da gula'! Para isto, é prudente pesar-se todosos dias. Comeu um macarrão e engordou 300 gramas, é sinal amarelo para a próxima vez. Não entre em pânico em caso de oscilações de 1 a 2 quilos. O que você não pode é desanimar às pequenas recaídas e desandar, feito avalanche. Observe se você tem fissura alimentar. Pode ser necessário acompanhamento profissional. Por outro lado, não exagere, ás vezes passa para o outro lado e vai à anorexia. Consultar um médico antes de começar é um bom começo. Observe que não falei em exercícios. Vejo estes como úteis para melhorar as condições cárdio-vasculares e como anti-estressante (caso goste!). Eu não iniciaria exercícios enquanto ainda obeso: sair correndo com um saco de cimento nas costas não é muito inteligente. Contrate um carreto.

Diagnóstico da depressão | Minha Vida em minhavida.com.br.
Demorei muito para perceber que meus desconfortos era 'depressão ' e 'Depressão'. Acho que desde infância. Assim, valorize os 'mal-estar' de seus filhos!

Glossário da depressão | Minha Vida em minhavida.com.br.
Penso que, talvez, fosse de retomar a diferença antiga entre a terminologia 'Distúrbio', que tinha relação mais íntima com quadro orgânico; com 'Transorno', que tinha relação mais íntima com quadros psíquicos. Haveria-se assim, unificando tudo em torno do termo 'Transtorno', recorrido a um recurso para uma forma de classificação com menor comprometimento com o diagnóstico da origem do quadro?

Fatores de risco da depressão | Minha Vida em minhavida.com.br.
A 'depressão', com 'd' minúsculo seria, acho, a tristeza. A 'Depressão', com 'D' maiúsculo, acho, seria o distúrbio/doença orgânica. No primeiro, talvez fosse mais sensato apoio de amigos e/ou terapia com profissionais da área. No segundo, a medicação talvez ajudasse mais. Não adianta muito ficar conversando em apoio à quem está organicamente afetado; tal qual dando medicações à quem necessita de premissas boas, para adequada análise e síntese. Era isto

Depressão de fim de ano em minhavida.com.br.
Esta depressão de fim de ano não seria aquela do cotidiano, as frustrações, comum a todos nós, que 'se sente no direito' de eclodir no último minuto?

Entenda a relação entre amor próprio e autoestima | Minha Vida em minhavida.com.br.
Amor-próprio e auto-estima não seriam terminologias de um mesmo comportamento? E, este comportamento me parece adequado. Tenho a sensação de ser fruto do narcisismo (no sentido
de onipotência) que todos temos de forma inata, canalizada para o bem; de si mesmo - auto-estima/amor-próprio - ou para outem - altruísmo; em contraste com o excesso, voltado para si mesmo, em egoísmo. Tal 'eu me amo e não posso mais viver sem mim!'.

Dor de cabeça aumenta o risco de depressão e distúrbios do sono em minhavida.com.br.
Portante, havendo relação causa/efeito entre dores e/ou distúrbios do sono, ao invés de ficar tomando analgésicos e sedativos, vá direto ao ponto : 'ataque' a depressão. Com medicações, se preciso e se indicado por médico competente. Analgésicos e sedativos como complementos se necessário, mas não como tratamento primário; e sim, complementar

Psicanálise ajuda obesos a superarem angústias e ansiedade em minhavida.com.br.
?"Engane" sua fome. Quando ela vem importuná-lo, defenda-se com uma xícara de café com leite desnatado. A fome correrá tal o 'diabo da cruz'! Ressalva: certos casos de gastrite ou agitações psiquiátricas pela cafeína.

Psicanálise ajuda obesos a superarem angústias e ansiedade em minhavida.com.br.
TAMBÉM ACESSE MEU SITE 'WWW.OSOFRIMENTOHUMANOEAMORTE.COM.BR'

Fatores de risco da depressão | Minha Vida em minhavida.com.br.
Caso um médico competente indique tratamento medicamentoso, tendo ele, adequadamente, ponderado os prós e os contras da administração, não hesite em usar. Pior do que os eventuais efeitos pelo uso de medicações, é não usar quando precisa. E, se você acha que remédios selariam um diagnóstico de 'loucura', aí mesmo é que você precisa!
 
 
 
 

Clínica Bing Reis -Rua Silva Jardim, 88
Porto Alegre/RS clinicabingreis@hotmail.com